Technopolitics in Urban Regeneration Co-creating Public Spaces
Technopolitics in Urban Regeneration Co-creating Public Spaces
Inscrições abertas para a Conferência Internacional e Escola de Verão

 

O ISCTE-IUL e a Câmara Municipal de Cascais, convidam todos os investigadores e estudantes a participar na Conferência Internacional e na Escola de Verão ‘Technopolitics in Urban Regeneration: Co-creating Public Spaces’ de 24 de junho a 6 de julho de 2019. As inscrições estão abertas até 15 de Junho através do website mento Coletivo Digital. Cada sessão começará com uma palestra, seguida de sessões onde serão apresentados papers científicos. O laboratório urbano de intervenção ocorre num cenário real – nas Áreas Urbanas de Génese Ilegal (AUGI) do concelho de Cascais, a fim de integrar o conhecimento tecnológico com as preocupações do design estratégico. As master classes de quatro dias destinam-se a envolver todos os participantes numa abordagem integrada de aprendizagem colaborativa para desenvolver uma solução de desenho urbano em Cascais.

As cidades são hoje um misto de novas formas de sociabilidade e ação coletiva baseadas na associação de pessoas e tecnologias digitais, onde assenta a criação de espaços públicos. A democratização da tecnologia e a sua influência cada vez maior na vida quotidiana amplificaram novas formas pelas quais os cidadãos buscam informação e tomam todo o tipo de decisões. As tecnologias de geolocalização e a captura automatizada de dados em tempo real estão a mudar os modelos de participação e design.  Para além destes fatores de mudança, em todo o mundo, iniciativas baseadas na comunidade indicam a capacidade dos cidadãos apresentarem soluções, desde que sejam criadas oportunidades para que os utilizadores de espaços públicos sejam estimulados enquanto agentes de mudança na cidade contemporânea. 

O objetivo é estabelecer estratégias inclusivas que vinculem estudantes, investigadores, cidadãos e municípios, com diferentes conhecimentos, a aumentar a sua capacidade d

e lidar com os métodos de projeto de Regeneração Urbana e Co-criação de Espaços Públicos.   No debate destas questões, durante duas semanas, os participantes irão abordar maneiras de desenvolver soluções urbanas baseadas em processos de co-criação, dando voz a diferentes partes interessadas que podem desempenhar um papel importante na reconstrução do espaço público em escala local. 

 

A Escola de Verão abre oportunidades para partilhar as melhores práticas e pesquisas internacionais, identificar campos de oportunidade para ação e destacar a importância da co-criação para a construção de uma cidade, uma iniciativa com o apoio do ISTAR, Dinâmia e Vitruvius Lab.