Ciência-IUL    Publicações    Descrição Detalhada da Publicação    Exportar

Exportar Publicação

A publicação pode ser exportada nos seguintes formatos: referência da APA (American Psychological Association), referência do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers), BibTeX e RIS.

Exportar Referência (APA)
Maia, M. & Bessa Ribeiro, F. (2015). Introdução. In Marta Maia e Fernando Bessa Ribeiro (Ed.), VIH/sida: Experiências da doença e cuidados de saúde. (pp. 9-13). Famalicão: Húmus.
Exportar Referência (IEEE)
M. A. Maia and F. B. Ribeiro,  "Introdução", in VIH/sida: Experiências da doença e cuidados de saúde, Marta Maia e Fernando Bessa Ribeiro, Ed., Famalicão, Húmus, 2015, pp. 9-13
Exportar BibTeX
@incollection{maia2015_1653204759578,
	author = "Maia, M. and Bessa Ribeiro, F.",
	title = "Introdução",
	chapter = "",
	booktitle = "VIH/sida: Experiências da doença e cuidados de saúde",
	year = "2015",
	volume = "",
	series = "",
	edition = "",
	pages = "9-9",
	publisher = "Húmus",
	address = "Famalicão"
}
Exportar RIS
TY  - CHAP
TI  - Introdução
T2  - VIH/sida: Experiências da doença e cuidados de saúde
AU  - Maia, M.
AU  - Bessa Ribeiro, F.
PY  - 2015
SP  - 9-13
CY  - Famalicão
AB  - Nos últimos 25 anos registaram-se progressos significativos no controlo da infeção
pelo VIH/sida que permitiram fazer dela uma doença crónica, estando mais próximo,
sobretudo nos países capitalistas com sistemas públicos de saúde robustos, o horizonte de
“zero novas infeções, zero mortes, zero casos de discriminação” proposto pela Onusida [(cf. Chegando a Zero: Estratégia 2011-2015 – Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/VIH/Aids/Sida (UNAIDS/ONUSIDA)]. Contudo, persistem vários indicadores preocupantes, nomeadamente a elevada percentagem de portadores do vírus que não sabem que estão infetados – cerca de um terço do total das pessoas infetadas (Insa, 2014) – e de pessoas diagnosticadas tardiamente (EuroHIV 2014), perdendo assim o benefício de um tratamento precoce da doença (Ferreira e Maia 2014), bem como problemas na adesão à terapêutica, aliás objeto de extensa
discussão em alguns dos textos desta obra coletiva.
ER  -