Comunicação em evento científico
“Campanhas Eleitorais Online: uma Análise Comparativa.”
Carlos Cunha (Cunha, C.); Filipa Seiceira (Seiceira, F.);
Título Evento
Representação e Participação Política na Europa em Crise
Ano
2014
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Abstract/Resumo
Estamos numa era em que o estilo e a organização das campanhas estão a ser transformados, muito devido à utilização das novas tecnologias quer por candidatos, quer por partidos políticos, para comunicar com os cidadãos. É comum na literatura a ideia de que a internet é parte integral da política nas democracias estáveis e estabelecidas nos países ocidentais. De facto, desde meados dos anos 90 que os partidos políticos, nos mais variados países, têm vindo a apostar na sua presença on-line, especificamente na utilização da internet no âmbito das suas campanhas eleitorais. Este meio oferece muitas vantagens quer a partidos, quer a eleitores, como por exemplo a transmissão rápida de grandes quantidades de informação, mas também é influenciada por um conjunto de factores passíveis de inibir a sua utilização, que vão desde as restrições de acesso à internet aos custos associados à manutenção de um site atractivo. O objectivo do presente trabalho é fornecer uma perspectiva geral da utilização da internet nas campanhas eleitorais em eleições legislativas procurando responder à questão: como é feita a utilização da internet nas campanhas eleitorais em termos internacionais? Após uma análise geral das implicações e da evolução da utilização da internet nas campanhas no contexto geral da comunicação política, pretende-se estudar, através da análise comparativa de 19 países, a forma como os candidatos a deputados utilizam a internet na campanha, procurando aferir como esta foi utilizada para chegar junto dos eleitores, comunicar com eles e tentar conseguir o seu apoio.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave