Working paper
Género e mobilidades: números e tendências da imigração feminina em Portugal
Nuno Dias (Dias, N.);
Título Documento
Dinâmia’CET-IUL Working Paper
Ano
2010
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
--
Abstract/Resumo
A modernização das sociedades contemporâneas atenuou algumas características da desigualdade de género através da entrada da mulher no mercado de trabalho e no acesso a esferas de acção exclusivamente masculinas, mas a maior capacitação social da mulher, e mesmo a sua participação política e em processos decisórios, não deve camuflar a persistência de dinâmicas discriminatórias, em particular quando articuladas com dinâmicas de classe e de etnicização das identidades sociais. Em muitos casos o serviço doméstico remunerado e as condições em que é desempenhado, por trabalhadoras imigrantes, é o resultado de políticas migratórias restritivas e indiferentes ao quotidiano desprotegido deste grupo profissional. Este artigo pretende reflectir sobre os processos através dos quais, globalmente e em Portugal, se tem reproduzido uma tendência de concentração da mão-de-obra feminina migrante nesse sector particular conduzindo a uma incorporação segmentada e à formação de nichos ocupacionais, seja motivada por via da estrutura de oportunidades no contexto de recepção, seja determinada pelas próprias redes sociais das quais estas imigrantes fazem parte.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Imigração,Género,Mercado de trabalho,Serviço doméstico