Publicação em atas de evento científico
Plano Nobre de um edifício que “desemboca na rua do carvalho”: D. 148 A.
Paula André (André, P.); Tiago Molarinho (Molarinho, T.);
Territórios Metropolitanos Contemporâneos
Ano
2017
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Abstract/Resumo
Analisar a representatividade da imagem de um documento da Coleção de Iconografia da Biblioteca Nacional de Portugal, é a proposta deste ensaio. É uma planta de arquitetura de um plano nobre de um palácio situado no Bairro Alto entre o final do século XVII e o século XVIII. A nomenclatura da legenda contém, informações vitais sobre a distribuição interior, a sua localização na morfologia do edifício e indicações sobre a inserção desta construção de grandes proporções, na malha urbana da cidade de Lisboa. É um testemunho de uma prática projetual, no diálogo que uma planta de arquitetura representa entre os seus interlocutores: encomendador, autor e mestres construtores. O documento insere-se na investigação em curso, sobre os princípios geométricos essenciais de regularidade, ordem e proporção, na Tradição Construtiva Portuguesa, em edifícios nobres. O presente ensaio, opta por se apoiar em dois autores, pela diferente abordagem e conteúdos que apresentam desta planta, e procura na génese e evolução do modelo de edifícios com a morfologia em U, uma forma de encontrar as possíveis influencias dos interlocutores deste projeto. Na análise do desenho, salientamos as informações resultantes entre o desenho e o “texto” em legenda, como uma forma de esclarecer os dados inerentes à prática projetual e consequente prática construtiva, a que juntamos um modelo digital - exercício fundamental na compreensão dos conhecimentos empíricos que o documento transporta. Avançamos com a verificação das localizações atribuídas a este palácio e sugerimos uma nova hipótese, segundo a interpretação que fazemos às indicações expressas na legenda. O documento revela-se na atual investigação, um ponto de partida a que retornaremos, com a certeza de que, a representação das práticas construtivas, corresponde à tradição de comunicação entre o projetista e o seu executor, bem como, entre o encomendador e a obra construída.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Registos de financiamentos
Referência de financiamento Entidade Financiadora
UID/SOC/03127/2013 Fundação para a Ciência e a Tecnologia