Capítulo de livro
Profissionalização e avaliação dos dirigentes de topo na Administração Pública: o caso de Portugal
César Madureira (Madureira, C.);
Título Livro
Handbook de Administração Pública
Ano
2013
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
--
Abstract/Resumo
É objectivo deste capítulo analisar as causas e as consequências da intrusão do poder político na esfera administrativa, nomeadamente através da politização dos cargos dirigentes de topo na Administração Pública, contribuindo activamente para que estes não se profissionalizem e consequentemente não sejam avaliados através de critérios tecnicamente objectiváveis. O capítulo justifica esta intrusão a partir da experiência portuguesa, onde se demonstra que a proximidade ao poder político possui efeitos inibidores no comportamento dos dirigentes, o que se reflecte na forma excessivamente cautelosa com que emitem pareceres, salvaguardam as suas posições ou evitam ter responsabilidades objectivas. De acordo com o autor, o cumprimento de objectivos na Administração só poderá ser possível se a avaliação do desempenho for feita com rigor, de forma transversal, integrada e interdependente entre todos os escalões hierárquicos. Só assim a moralização e a produtividade da Administração Pública poderão ser asseguradas no contexto da reforma administrativa.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave