Autor de livro
Vidas Partidas. Enfermeiros Portugueses no Estrangeiro [Divided Lives. Portuguese Nurses Abroad]
Cláudia Pereira (Pereira, Cláudia);
Abstract/Resumo
Porque saem de Portugal tantos enfermeiros? Quais os motivos que os levam a tomar a decisão de emigrar? Que países escolhem e quantos emigram por ano? Têm intenção de regressar? O percurso de um enfermeiro português na Arábia Saudita é semelhante ao de um enfermeiro em Angola ou na Inglaterra? A análise combinada da sociologia e da antropologia, bem como os contributos da ciência política e da economia ajudam a responder a estas perguntas. Com o apoio da Ordem dos Enfermeiros, foram entrevistados 20 enfermeiros emigrados na Ásia, África e Europa. No livro podemos também conhecer melhor estes enfermeiros que saíram do país através dos seus relatos em primeira mão. Em apenas dois anos saíram mais de 4.600 enfermeiros do país, o equivalente à população total do concelho alentejano de Mora. Nalguns países, o número de enfermeiros portugueses quintuplicou nos últimos anos, como no Reino Unido e na Bélgica. Muito provavelmente, estamos a viver um momento histórico, em que os enfermeiros aparentam ser o grupo profissional que mais emigra em Portugal.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Tipo de Relatório
--
Palavras-chave
enfermeiros portugueses,emigração de enfermeiros,recrutamento,entrevistas,Reino Unido,Alemanha,Suíça
  • Sociologia - Ciências Sociais
  • Antropologia - Ciências Sociais
Registos de financiamentos
Referência de financiamento Entidade Financiadora
SFRH/BPD/78853/2011 Fundação para a Ciência e a Tecnologia
X Ordem dos Enfermeiros