Ciência-IUL    Suporte

Perguntas Mais Frequentes

Situações de Erro
O sistema indica que as minhas credenciais estão incorrectas quando tento iniciar sessão, mas eu tenho a certeza que estão correctas. O que devo fazer?
O Ciência-IUL realiza a autenticação através do servidor de autenticação que é usado por diversos outros serviços do ISCTE-IUL como, por exemplo, o E-Learning. Portanto, as credenciais que deve usar são as mesmas que usa para entrar no E-Learning. Se por acaso não souber ou não tiver palavra-chave para aceder ao E-Learning, poderá fazer essa alteração através do sistema Fénix na secção "Pessoal" e na sub-secção "Alterar palavra-passe".
O sistema indica que eu não estou registado quando tento iniciar a sessão. O que devo fazer?
Esta mensagem significa que o servidor de autenticação indicou que as suas credenciais de acesso estão correctas mas que existe um problema com o seu registo no Ciência-IUL. Isto deve-se, normalmente, a um registo indevidamente preenchido do docente ou por duplicação de informação (no caso em que existem registos simultâneos de docente/investigador). Estas situações só podem ser resolvidas informando a equipa de suporte (através do formulário de contacto) que irá proceder às alterações directamente na base de dados. Para o efeito, é necessário que envie a seguinte informação no contacto realizado: número de funcionário (identificador que se encontra no seu recibo de ordenado), nome completo, nome de utilizador (por exemplo, que usa para entrar no fénix ou e-learning), escola/departamento, unidade de investigação (caso pertença a alguma) e se é docente convidado ou não.
Publicações
Onde é que se inserem publicações?
As publicações são inseridas na secção "Adicionar Publicação". Aqui irá inserir a informação da sua publicação de forma sequencial em que primeiramente indica quais os autores da publicação, depois indica a informação genérica da publicação (ano, língua, país, doi, etc...) e finalmente indica os dados mais específicos da publicação (título, revista, volume, páginas, etc...).
É possível inserir uma publicação em que eu não seja autor?
Não. Só pode inserir publicações em que seja autor. Por isso é que quando insere uma nova publicação, o seu nome figura logo como autor da mesma.
É possível inserir uma publicação em que eu não seja o primeiro autor?
Sim. Apesar de, por omissão, aparecer como primeiro autor no formulário de uma nova publicação, pode sempre reordenar os autores usando as setas laterais no formulário de forma a estabelecer ordem correcta.
Como é que adiciono autores a uma publicação?
Na página de "Adicionar Publicação", na secção "Autor(es) da Publicação" tem uma caixa de pesquisa que pode usar para procurar autores já existentes. Nos resultados da pesquisa, quando identificar o autor que pretende, pode adicioná-lo à sua publicação através do botão . Se o autor que pretende adicionar, não se encontra actualmente na base de dados, carregue no botão "Novo Autor" que abre uma nova janela onde pode adicionar o novo autor. Após inserção deste novo autor, pode fechar a janela e o novo autor irá agora surgir normalmente na procura que fizer na caixa de pesquisa.
Como é que coloco os autores pela ordem correcta?
Quando está a adicionar ou editar uma publicação na secção "Autor(es) da Publicação", cada registo de autor tem do seu lado direito um conjunto de setas. Carregando nessas setas, desloca o autor para cima ou para baixo modificando a sua ordem na autoria da publicação. Depois só terá de gravar as alterações para guardar a informação alterada.
Como é que removo autores de uma publicação?
Quando está a adicionar ou editar uma publicação na secção "Autor(es) da Publicação", cada registo de autor tem do seu lado direito um símbolo vermelho . Carregando nesse símbolo, remove o autor da publicação. Depois só terá de gravar as alterações para guardar a informação alterada.
O nome que é gerado automaticamente para ser usado como a minha referência da publicação não é o que costumo usar. Como o posso mudar?
O nome para referência que é gerado automaticamente tem como base o seu último nome e a inicial do primeiro nome. O seu nome completo é uma informação que é enviada pelo sistema Fénix e não pode ser alterada no Ciência-IUL. Se pretende usar um nome para referência diferente, pode configurar o seu nome de preferência na secção de Editar Perfil. Tem também a possibilidade de realizar essa alteração para todas as publicações que tenha já inseridas no Ciência-IUL.
Como posso importar publicações através de um ficheiro BibTex?
Na secção Importar Publicações deverá indicar qual o ficheiro BibTeX no qual estão as publicações que pretende importar. Quando a lista de publicações for apresentada, deve validar as publicações uma a uma carregando no botão "Validar", verificando se os campos têm os valores correctos e indicando também quais os autores de cada publicação. Deverá confirmar pressionando no botão "Adicionar Publicação". Só nessa altura é que a publicação é inserida na base de dados.
Como posso importar publicações a partir do sistema DeGóis?
Na secção Importar Publicações deverá indicar a sua Chave DeGóis. Esta pode ser obtida acedendo ao seu Currículo DeGóis (tem de se autenticar com as credenciais DeGóis). A Chave encontra-se no canto superior direito da página de entrada, junto ao seu nome e fotografia. Quando a lista de publicações for apresentada (atenção que nesta altura as publicações ainda não foram efetivamente inseridas na base de dados), deve validar as publicações uma a uma carregando no botão "Validar", verificando se os campos têm os valores correctos e indicando também quais os autores de cada publicação. Deverá confirmar pressionando no botão "Adicionar Publicação". Só nessa altura é que a publicação é efetivamente inserida na base de dados.
Como posso importar publicações a partir do sistema ORCID?
Na secção Importar Publicações deverá indicar o seu identificador ORCID. Este pode ser obtido acedendo ao seu perfil ORCID (tem de se autenticar com as credenciais ORCID). O identificador encontra-se logo abaixo do seu nome na página de perfil num link com o seguinte formato http://orcid.org/0000-0000-0000-0000. O identificador é o conjunto de 4 números (separados por '-') com 4 algarismos cada. Insira posteriormente esse identificador na caixa de texto disponível e carregue no botão Importar. Quando a lista de publicações for apresentada (atenção que nesta altura as publicações ainda não foram efetivamente inseridas na base de dados), deve validar as publicações uma a uma carregando no botão "Validar", verificando se os campos têm os valores correctos e indicando também quais os autores de cada publicação. Deverá confirmar pressionando no botão "Adicionar Publicação". Só nessa altura é que a publicação é efetivamente inserida na base de dados.
Como posso exportar publicações para um determinado formato?
Na secção As minhas Publicações encontrará o botão "Exportar" onde estão diversos formatos disponíveis (APA, IEEE, BibTeX, RIS). Ao escolher uma dessas opções, é-lhe apresentada a lista das suas publicações onde deverá escolher as publicações que deseja exportar no formato escolhido. Depois de carregar no botão para descarregar o ficheiro, o download começa automaticamente.
Como posso exportar as minhas publicações do Ciência-IUL para o sistema DeGóis?
O sistema DeGóis também aceita a importação de publicações a partir de um ficheiro BibTeX. Siga as instruções da pergunta anterior para obter o seu ficheiro BibTeX e depois use o ficheiro para realizar a importação directamente no sistema DeGóis.
Como posso exportar as minhas publicações do Ciência-IUL para o ResearcherID ou para o ORCID?
Pode seguir as instruções descritas no manual disponível aqui.
O sistema não mostra as citações Web of Science® e Scopus da minha publicação que está indexada. Porquê?
Se a sua publicação tem o texto '---' no sítio onde deveriam aparecer as citações então quer dizer que a publicação em questão não foi encontrada nestes motores de indexação. A pesquisa das publicações nesses motores (que é levada a cabo por um processo periódico dentro do Ciência-IUL) é feita através dos meta-dados das publicações (título, ano, páginas, etc...). Se a publicação não foi encontrada, provavelmente quer dizer que há uma diferença entre estes dados no Ciência-IUL e o registo na Web of Science® e Scopus (p.ex. um título errado). Para garantir que as suas publicações são correctamente apanhadas neste processo, compare a informação no Ciência-IUL com o registo da publicação nesses motores e corrija-os no Ciência-IUL. No caso da Web of Science® há um outro passo que pode executar para ajudar a pesquisa: procure no registo da publicação pelo Accession Number (normalmente assinalado a amarelo) e depois coloque esse número no registo da publicação no Ciência-IUL. Assim, da próxima vez que o processo periódico realizar a pesquisa da publicação, usará esse número em vez dos meta-dados e já será encontrado o registo na Web of Science®.
Sincronização Ciência-IUL - ORCID
Como funciona o mecanismo de sincronização?

O mecanismo exporta para o ORCID todas as publicações seleccionadas para sincronização pelo utilizador no Ciência-IUL. Posteriormente todas as alterações feitas no Ciência-IUL a estas publicações serão automaticamente exportadas para o ORCID, mantendo-se desta forma a informação no ORCID permanentemente actualizada. Quando novos identificadores únicos (DOIs, Handles, etc) são adicionados a uma publicação no ORCID que esteja a ser sincronizada, esses identificadores são automaticamente adicionados à publicação respectiva no Ciência-IUL. De momento, outras alterações feitas no ORCID a uma publicação sincronizada não serão reflectidas no Ciência-IUL (por exemplo, se alterar o título de uma publicação no ORCID essa alteração não será reflectida no Ciência-IUL). Para além de manter sincronizadas as publicações seleccionadas, o mecanismo de sincronização tenta também descobrir novas publicações no ORCID que não sejam ainda conhecidas no Ciência-IUL. Essas publicações podem ter sido inseridas no ORCID directamente pelo utilizador ou por outras entidades externas, como, por exemplo, o CrossRef, Scopus, Web of Science ou o Ciência Vitae. Estas novas publicações podem depois ser seleccionadas pelo utilizador para sincronização, sendo então adicionadas ao Ciência-IUL e mantidas sincronizadas posteriormente. Mais informações podem ser consultadas em PTCRISync.

Quais os benefícios de utilizar o mecanismo de sincronização?

O principal benefício de utilizar o mecanismo de sincronização é evitar muito do trabalho repetitivo que é necessário para manter o seu perfil actualizado em várias plataformas. Após activar a sincronização para as suas publicações, todas as alterações feitas no Ciência-IUL serão automaticamente exportadas para o ORCID, evitando-se desta forma o trabalho de as editar ou adicionar manualmente no ORCID. Se activar a sincronização em mais do que um sistema que suporte este mecanismo, por exemplo, no Ciência-IUL e no Ciência Vitae, como o mecanismo de sincronização também usa o ORCID para descobrir novas publicações, publicações exportadas por um sistema serão automaticamente importadas por outro, evitando-se desta forma o trabalho repetitivo de as inserir nos vários sistemas.

Comecei a utilizar um sistema de gestão de ciência que usa o mecanismo de sincronização. Que boas práticas devo seguir?

O mecanismo de sincronização é flexível dando liberdade ao utilizador de o utilizar da forma que melhor entender. Porém, recomenda-se um conjunto de boas práticas:

  • Preenchimento automático de produções / publicações - se tem publicações que não estão, nem no ORCID, nem no Ciência-IUL, tenha em consideração que presentemente estão disponíveis ferramentas que permitem a importação automática de publicações para o seu ORCID e deste para o sistema que está a utilizar. Para mais informação consulte o seguinte link.
  • Evite adicionar registos de forma manual. Caso o faça, lembre-se que o mecanismo de sincronização apenas sincroniza publicações que possuam título, ano de publicação e pelo menos um identificador único (DOI, Handle, etc).
  • Privacidade das produções / publicações no ORCID. O mecanismo de sincronização apenas consegue importar as publicações cujo nível de privacidade seja everyone ou trusted parties. Como tal, certifique-se que todas as publicações que pretende importar possuem um desses níveis de privacidade.
Porque é que quando apago uma publicação no ORCID, a mesma publicação não é apagada no Ciência-IUL?

O mecanismo de sincronização actualmente implementado é conservador no que toca a esse aspecto, nunca apagando automaticamente publicações no Ciência-IUL. As publicações podem ter sido inadvertidamente removidas pelo utilizador no ORCID, ou entretanto podem ter sido actualizadas no Ciência-IUL, corrigindo dessa forma os problemas nos meta-dados que tenham motivado a sua remoção do ORCID. Nestes casos a sua remoção automática seria indesejada, pelo que se optou por nunca as apagar automaticamente. Se deseja mesmo remover uma publicação deve fazê-lo directamente no Ciência-IUL.

Apaguei uma publicação no ORCID que tinha previamente seleccionado para sincronizar, mas passados uns dias voltou a aparecer. Porquê?

O mecanismo de sincronização tenta manter actualizadas no seu perfil ORCID todas as publicações que estão seleccionadas para sincronização no Ciência-IUL. Se a apagar no ORCID, mas continuar seleccionada para sincronizar, ela voltará a ser exportada. Se deseja remover uma publicação sincronizada do ORCID basta parar a sincronização desta publicação no Ciência-IUL. O mecanismo de sincronização irá depois remover essa publicação do ORCID. Note que a publicação pode não ser totalmente removida do ORCID se existirem outras versões dessa publicação exportadas para o ORCID por outras entidades externas (por exemplo, pelo CrossRef) ou se a mesma publicação continuar a ser sincronizada por outra entidade do sistema científico nacional (por exemplo, pelo Ciência Vitae).

Porque é que há publicações que não podem ser importadas para o Ciência-IUL?

Para garantir a qualidade da informação no Ciência-IUL, o mecanismo de sincronização apenas considera para importação publicações cujos meta-dados possuam um mínimo de qualidade. Em particular, apenas considera para importação publicações que possuam título, ano de publicação e pelo menos um identificador único (DOI, Handle, etc). As publicações que não satisfazem esse critério não são importadas mas podem ser consultadas na secção dos avisos.

Porque é que apareceram publicações duplicadas no meu perfil ORCID após a sincronização?

O ORCID apenas considera que duas publicações são idênticas quando tiverem identificadores únicos (DOIs, Handles, etc) em comum (não basta que tenham o mesmo título e ano de publicação). Se tinha uma publicação sem qualquer identificador único no seu perfil ORCID, ou com identificadores diferentes dos que inseriu no Ciência-IUL, então essa publicação não será agregada com a publicação idêntica que foi exportada na sincronização. Para resolver este problema, pode editar a publicação que tinha inicialmente no ORCID e adicionar-lhe um dos identificadores únicos da publicação exportada. A partir desse momento essas publicações serão agregadas pelo ORCID e deixará de ver os duplicados.

Tenho publicações no ORCID que não estão no Ciência-IUL, mas ao sincronizar elas não aparecem. Porquê?

Há duas razões possíveis para isso acontecer. A primeira deve-se ao facto de, para garantir a qualidade da informação no Ciência-IUL, o mecanismo de sincronização apenas considera para importação publicações cujos meta-dados possuam um mínimo de qualidade. Em particular, apenas considera para importação publicações que possuam título, ano de publicação e pelo menos um identificador único (DOI, Handle, etc). As publicações que não satisfazem esse critério não são importadas mas podem ser consultadas na secção dos avisos. A segunda razão deve-se às questões de privacidade. O ORCID permite que utilizador defina quem tem acesso a cada publicação, existindo três níveis de privacidade: everyone, trusted parties, only me. O mecanismo de sincronização apenas consegue importar as publicações cujo nível de privacidade seja everyone ou trusted parties. Como tal, certifique-se que todas as publicações que pretende importar possuem um desses níveis de privacidade (o nível de privacidade pode ser alterado selecionando o nível desejado no canto superior direito de cada publicação).

Selecionei no Ciência-IUL uma publicação para sincronizar, mas essa publicação não aparece no ORCID. Porquê?

O ORCID permite que utilizador defina quem tem acesso a cada publicação, existindo três níveis de privacidade: everyone, trusted parties, only me. É possível configurar qual o nível de privacidade por omissão que cada publicação terá quando adicionada por uma entidade externa. Provavelmente, optou pelo nível de privacidade trusted parties ou only me, pelo que não conseguirá visualizar as publicações sincronizadas a não ser que faça login no seu perfil. Se quiser alterar esta configuração selecione a opção Privacy preferences na secção Account settings no seu perfil ORCID. Se quiser alterar o nível de privacidade nas publicações entretanto sincronizadas pode fazê-lo selecionando o nível desejado no canto superior direito de cada publicação.

Outras Perguntas
O que é o "Link Público" que se encontra na descrição detalhada de cada publicação?
O "Link Público" é um URL que pode ser usado em qualquer sítio para chegar à descrição detalhada da publicação. Por exemplo, se tiver um website externo ao ISCTE-IUL onde pretenda fazer referência a uma determinada publicação sua, pode usar o link público dessa publicação para remeter os seus visitantes para a descrição detalhada da publicação no site do Ciência-IUL.
O que é o "Perfil Público"?

O "Perfil Público" é uma página automática que é gerada para todos os autores do ISCTE-IUL. Contém a informação básica de cada autor (afiliação, ensino, publicações, etc...) e tem um URL único que pode ser usado em qualquer sítio para chegar à descrição detalhada de cada autor do ISCTE-IUL.

Por exemplo, se tiver um website externo ao ISCTE-IUL onde pretenda fazer referência às suas publicações ou à sua descrição enquanto autor do ISCTE-IUL, pode usar o link do seu perfil público para remeter os seus visitantes para a descrição detalhada do seu perfil no site do Ciência-IUL.

A estrutura do link público obedece à seguinte estrutura https://ciencia.iscte-iul.pt/public/person/ABC onde a expressão ABC deve ser substituída pelo seu nome de utilizador. Alternativamente, pode usar a estrutura de link https://ciencia.iscte-iul.pt/ABC que funciona como um redireccionamento para o perfil público. Se quiser, pode também adicionar a língua em que pretende que o perfil público seja apresentado com os parâmetros "/pt" (para Português) e "/en" (para Inglês).

Exemplos de links válidos (para aplicar ao seu caso, substitua o nome de utilizador "acae" pelo seu):

É possível alterar a informação do "Perfil Público"?
Alguma da informação pode ser alterada na página de edição do perfil. No entanto, há informação contida no seu Perfil Público que é obtida através do sistema Fénix. Para manter a consistência dos dados nos sistemas do ISCTE-IUL, não é possível alterar diretamente no Ciência-IUL os dados que são importados a partir do Fénix. Caso encontre alguma incoerência na informação que é obtida a partir do Fénix, siga o guia na página de edição do perfil para perceber como pode proceder à alteração da mesma. ATENÇÃO: alterações realizadas no sistema Fénix poderão levar algumas horas até serem actualizadas no Perfil Público do Ciência-IUL.