Ciência-IUL    Publicações    Descrição Detalhada da Publicação    Exportar

Exportar Publicação

A publicação pode ser exportada nos seguintes formatos: referência da APA (American Psychological Association), referência do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers), BibTeX e RIS.

Exportar Referência (APA)
Costa, A. F. (1988). Cultura profissional dos sociólogos. Sociologia, Problemas e Práticas. 5, 107-124
Exportar Referência (IEEE)
A. M. Costa,  "Cultura profissional dos sociólogos", in Sociologia, Problemas e Práticas, no. 5, pp. 107-124, 1988
Exportar BibTeX
@article{costa1988_1576002004852,
	author = "Costa, A. F.",
	title = "Cultura profissional dos sociólogos",
	journal = "Sociologia, Problemas e Práticas",
	year = "1988",
	volume = "",
	number = "5",
	pages = "107-124",
	url = "http://sociologiapp.iscte.pt/pdfs/35/388.pdf"
}
Exportar RIS
TY  - JOUR
TI  - Cultura profissional dos sociólogos
T2  - Sociologia, Problemas e Práticas
IS  - 5
AU  - Costa, A. F.
PY  - 1988
SP  - 107-124
SN  - 0873-6529
UR  - http://sociologiapp.iscte.pt/pdfs/35/388.pdf
AB  - Chamamos cultura profissional dos sociólogos ao conjunto dos valores, normas e representações sobre a sociologia enquanto disciplina científica e enquanto actividade profissional de que aqueles são portadores. Sofrendo a influência de factores endógenos e exógenos à própria sociologia, a cultura profissional dos sociólogos portugueses constitui-se em variável charneira de grande importância, com repercussões no tipo de investigação científica praticada, no ensino da sociologia, na sua imagem pública e na capacidade de implantação dos sociólogos no mercado de trabalho. Procura-se aqui analisar essa cultura profissional enquanto centrada num duplo conjunto de padrões cognitivos e de padrões deontológicos. Se se dividir o processo de profissionalização da sociologia em Portugal em três períodos - o dos pioneiros, o da institucionalização universitária do ensino e da investigação científica, e o da constituição dos sociólogos em grupo profissional - é possível caracterizar a situação actual da cultura profissional dos sociólogos portugueses como a de uma sobre posição e contra posição de duas versões (ideal-típicas), designáveis por "cultura da dissociação" (entre ciência e profissão) e "cultura da associação" (entre ciência e profissão).
ER  -