Exportar Publicação

A publicação pode ser exportada nos seguintes formatos: referência da APA (American Psychological Association), referência do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers), BibTeX e RIS.

Exportar Referência (APA)
Clamote, T. C. (2015). Reverberações da medicalização : paisagens e trajetórias informacionais em consumos de performance. Sociologia, Revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto. 29, 35-57
Exportar Referência (IEEE)
T. L. Clamote,  "Reverberações da medicalização : paisagens e trajetórias informacionais em consumos de performance", in Sociologia, Revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, vol. 29, pp. 35-57, 2015
Exportar BibTeX
@article{clamote2015_1709263237888,
	author = "Clamote, T. C.",
	title = "Reverberações da medicalização : paisagens e trajetórias informacionais em consumos de performance",
	journal = "Sociologia, Revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto",
	year = "2015",
	volume = "29",
	number = "",
	pages = "35-57",
	url = "http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/13337.pdf"
}
Exportar RIS
TY  - JOUR
TI  - Reverberações da medicalização : paisagens e trajetórias informacionais em consumos de performance
T2  - Sociologia, Revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto
VL  - 29
AU  - Clamote, T. C.
PY  - 2015
SP  - 35-57
SN  - 0872-3419
UR  - http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/13337.pdf
AB  -  Este artigo discute a relação entre fontes de informação e práticas sociais no domínio do consumo de medicamentos e outros produtos para fins de performance. Situando-a no quadro das paisagens informacionais contemporâneas, analisa como a pluralidade de fontes que as compõem vão sendo articuladas em trajetórias informacionais, na organização de práticas e disposições de consumo. Essas trajetórias permitirão explorar a diversidade de vias pelas quais se difunde esta lógica social de consumo, relevando o seu entroncamento e suas implicações nos processos de medicalização e nos contextos de ação dos indivíduos. Esta discussão tem como suporte empírico resultados de um estudo de âmbito nacional sobre consumos de performance na população jovem em Portugal. 
ER  -