Ciência-IUL    Publicações    Descrição Detalhada da Publicação    Exportar

Exportar Publicação

A publicação pode ser exportada nos seguintes formatos: referência da APA (American Psychological Association), referência do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers), BibTeX e RIS.

Exportar Referência (APA)
Ampudia de Haro, F. (2017). O impacto de (não) ter impacto: para uma sociologia crítica das publicações científicas. Revista Crítica de Ciências Sociais. 113, 83-106
Exportar Referência (IEEE)
F. A. Haro,  "O impacto de (não) ter impacto: para uma sociologia crítica das publicações científicas", in Revista Crítica de Ciências Sociais, no. 113, pp. 83-106, 2017
Exportar BibTeX
@article{haro2017_1556178231024,
	author = "Ampudia de Haro, F.",
	title = "O impacto de (não) ter impacto: para uma sociologia crítica das publicações científicas",
	journal = "Revista Crítica de Ciências Sociais",
	year = "2017",
	volume = "",
	number = "113",
	doi = "10.4000/rccs.6659",
	pages = "83-106",
	url = "http://rccs.revues.org/"
}
Exportar RIS
TY  - JOUR
TI  - O impacto de (não) ter impacto: para uma sociologia crítica das publicações científicas
T2  - Revista Crítica de Ciências Sociais
IS  - 113
AU  - Ampudia de Haro, F.
PY  - 2017
SP  - 83-106
SN  - 0254-1106
DO  - 10.4000/rccs.6659
UR  - http://rccs.revues.org/
AB  - 

O objetivo do presente artigo é duplo: analisar a lógica e o funcionamento da publicação científica entendida como uma figuração global, e analisar o modelo de investigador subjacente a esta figuração. A publicação científica é um fenómeno que envolve docentes e investigadores, universidades e centros de investigação, o Estado, as editoras de revistas e as empresas de informação e indexação científicas, as suas conexões internas e os seus equilíbrios de poder. Ao mesmo tempo, existe um discurso que legitima a publicação científica de acordo com critérios particulares de internacionalização, divulgação e reconhecimento e que prescreve um modelo de conduta publicadora. Finalmente, neste texto reflete?se sobre as consequências deste discurso num país semiperiférico como Portugal em termos de produção, distribuição e consumo de conhecimento.
ER  -