Ciência-IUL    Publicações    Descrição Detalhada da Publicação    Exportar

Exportar Publicação

A publicação pode ser exportada nos seguintes formatos: referência da APA (American Psychological Association), referência do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers), BibTeX e RIS.

Exportar Referência (APA)
Cachado, R. A., Carmo, R. M., Ferreira, D. & Santos, S. (2017). Usos e meios de transporte na Área Metropolitana de Lisboa: uma abordagem qualitativa da mobilidade. Análise Social. 52 (223), 392-415
Exportar Referência (IEEE)
R. D. Cachado et al.,  "Usos e meios de transporte na Área Metropolitana de Lisboa: uma abordagem qualitativa da mobilidade", in Análise Social, vol. 52, no. 223, pp. 392-415, 2017
Exportar BibTeX
@article{cachado2017_1618086130017,
	author = "Cachado, R. A. and Carmo, R. M. and Ferreira, D. and Santos, S.",
	title = "Usos e meios de transporte na Área Metropolitana de Lisboa: uma abordagem qualitativa da mobilidade",
	journal = "Análise Social",
	year = "2017",
	volume = "52",
	number = "223",
	pages = "392-415",
	url = "http://analisesocial.ics.ul.pt/?page_id=18"
}
Exportar RIS
TY  - JOUR
TI  - Usos e meios de transporte na Área Metropolitana de Lisboa: uma abordagem qualitativa da mobilidade
T2  - Análise Social
VL  - 52
IS  - 223
AU  - Cachado, R. A.
AU  - Carmo, R. M.
AU  - Ferreira, D.
AU  - Santos, S.
PY  - 2017
SP  - 392-415
SN  - 0003-2573
UR  - http://analisesocial.ics.ul.pt/?page_id=18
AB  - Usos e meios de transporte na Área Metropolitana de Lisboa: uma abordagem qualitativa da mobilidade. Inserido num projeto de investigação sobre desigualdades e mobilidades na Área Metropolitana de Lisboa, este artigo pretende ser um contributo para o aprofundamento do debate sobre a produção das mobilidades espaciais em contexto urbano. Partindo de um conjunto de entrevistas a residentes em três municípios, o estudo desenvolvido reponde a dois objetivos fundamentais. Primeiro, descrever os principais usos e formas de deslocação,
no sentido de identificar uma tendência que aponta para o crescente recurso a transportes motorizados a partir de marcos nas trajetórias dos entrevistados. Em segundo lugar, descortinar os fatores de diferenciação e as razões que fundamentam as escolhas entre o uso do transporte motorizado público ou particular. Os motivos enunciados derivam tanto das diversas experiências acumuladas ao longo da vida, como do impacto da crise económico-financeira, que representa um forte constrangimento relativamente à maior ponderação face aos custos implicados nas alternativas contempladas.
ER  -