Ciência-IUL    Publicações    Descrição Detalhada da Publicação    Exportar

Exportar Publicação

A publicação pode ser exportada nos seguintes formatos: referência da APA (American Psychological Association), referência do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers), BibTeX e RIS.

Exportar Referência (APA)
Crisóstomo, S., Matos, A. R., Borges, M. & Santos, M. (2017). Mais participação, melhor saúde: um caso de ativismo virtual na saúde. Fórum Sociológico. 30, 7-16
Exportar Referência (IEEE)
S. A. Crisóstomo et al.,  "Mais participação, melhor saúde: um caso de ativismo virtual na saúde", in Fórum Sociológico, no. 30, pp. 7-16, 2017
Exportar BibTeX
@article{crisóstomo2017_1575893890559,
	author = "Crisóstomo, S. and Matos, A. R. and Borges, M. and Santos, M.",
	title = "Mais participação, melhor saúde: um caso de ativismo virtual na saúde",
	journal = "Fórum Sociológico",
	year = "2017",
	volume = "",
	number = "30",
	doi = "10.4000/sociologico.1729",
	pages = "7-16",
	url = "http://journals.openedition.org/sociologico/"
}
Exportar RIS
TY  - JOUR
TI  - Mais participação, melhor saúde: um caso de ativismo virtual na saúde
T2  - Fórum Sociológico
IS  - 30
AU  - Crisóstomo, S.
AU  - Matos, A. R.
AU  - Borges, M.
AU  - Santos, M.
PY  - 2017
SP  - 7-16
SN  - 0872-8380
DO  - 10.4000/sociologico.1729
UR  - http://journals.openedition.org/sociologico/
AB  - Nos últimos anos, têm surgido novas formas de mobilização, novos atores e novos reportórios de ação, impulsionados pela agenda política e pelo dinamismo crescente da sociedade civil, que reivindica maior participação cidadã. Simultaneamente, a internet assumiu centralidade na relação dos cidadãos com a política e as instituições e como mecanismo de mobilização pelos coletivos e movimentos sociais. O projeto de investigação-ação MAIS PARTICIPAÇÃO, melhor saúde, que tem como objetivo promover a participação dos cidadãos e/ou seus representantes na definição de políticas públicas de saúde e na organização do SNS, é analisado como dinâmica específica de ativismo na saúde em Portugal, na perspetiva da sua estratégia virtual. Os resultados mostram que a internet constituiu uma alavanca fundamental para a mobilização, ação coletiva e sensibi­lização pública.
ER  -