Ciência-IUL    Publicações    Descrição Detalhada da Publicação    Exportar

Exportar Publicação

A publicação pode ser exportada nos seguintes formatos: referência da APA (American Psychological Association), referência do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers), BibTeX e RIS.

Exportar Referência (APA)
Sardinha, I. D. & Craveiro, D. (2018). Descrição de uma abordagem participada com vista ao redesenvolvimento da mina de São Domingos, Alentejo, Portugal. Análise Social. 53 (228), 672-701
Exportar Referência (IEEE)
I. Dias-Sardinha and D. M. Craveiro,  "Descrição de uma abordagem participada com vista ao redesenvolvimento da mina de São Domingos, Alentejo, Portugal", in Análise Social, vol. 53, no. 228, pp. 672-701, 2018
Exportar BibTeX
@article{dias-sardinha2018_1618083889288,
	author = "Sardinha, I. D. and Craveiro, D.",
	title = "Descrição de uma abordagem participada com vista ao redesenvolvimento da mina de São Domingos, Alentejo, Portugal",
	journal = "Análise Social",
	year = "2018",
	volume = "53",
	number = "228",
	doi = "10.31447/AS00032573.2018228.06",
	pages = "672-701",
	url = "http://analisesocial.ics.ul.pt/"
}
Exportar RIS
TY  - JOUR
TI  - Descrição de uma abordagem participada com vista ao redesenvolvimento da mina de São Domingos, Alentejo, Portugal
T2  - Análise Social
VL  - 53
IS  - 228
AU  - Sardinha, I. D.
AU  - Craveiro, D.
PY  - 2018
SP  - 672-701
SN  - 0003-2573
DO  - 10.31447/AS00032573.2018228.06
UR  - http://analisesocial.ics.ul.pt/
AB  - A recuperação de áreas industriais abandonadas tem crescido de importância na Europa. Por um lado, são áreas com problemas ambientais, agravados ou não por problemas económicos e sociais nas comunidades adjacentes. Por outro lado, estas áreas surgem como uma oportunidade para o (re)desenvolvimento local. Este artigo descreve e analisa sucintamente o processo de participação pública implementado no projeto rehmine que, entre outros aspetos, pretendeu contribuir para o planeamento estratégico do redesenvolvimento da Mina de São Domingos. O planeamento espacial estratégico é aqui entendido como uma experiência de aprendizagem social, ambos conceitos úteis na análise crítica das escolhas metodológicas aplicadas.
ER  -