Ciência-IUL    Comunicações    Descrição Detalhada da Comunicação    Exportar

Exportar Publicação

A publicação pode ser exportada nos seguintes formatos: referência da APA (American Psychological Association), referência do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers), BibTeX e RIS.

Exportar Referência (APA)
Garcia, A. (2018). Comunicação de Ciência interdisciplinar:  Um plano de comunicação para as Unidades de Investigação do ISCTE-IUL. Scicom 2018.
Exportar Referência (IEEE)
A. F. Garcia,  "Comunicação de Ciência interdisciplinar:  Um plano de comunicação para as Unidades de Investigação do ISCTE-IUL", in Scicom 2018, 2018
Exportar BibTeX
@misc{garcia2018_1590527293083,
	author = "Garcia, A.",
	title = "Comunicação de Ciência interdisciplinar:  Um plano de comunicação para as Unidades de Investigação do ISCTE-IUL",
	year = "2018",
	url = "http://scicom.pt/index.php/congresso-scicompt-2018-2/"
}
Exportar RIS
TY  - CPAPER
TI  - Comunicação de Ciência interdisciplinar:  Um plano de comunicação para as Unidades de Investigação do ISCTE-IUL
T2  - Scicom 2018
AU  - Garcia, A.
PY  - 2018
UR  - http://scicom.pt/index.php/congresso-scicompt-2018-2/
AB  - O acesso do público ao conhecimento cientifico tem vindo a ser uma crescente preocupação. A ciência é a base fundamental na formação de um indivíduo, tendo um papel fulcral no seu desenvolvimento, nomeadamente na tomada de decisões, quer sejam individuais, quer sejam coletivas. 
Recentemente a comunicação de ciência passou a ser uma prioridade nas instituições científicas e unidades de investigação. Tem sido, assim, crescente a relação entre o público e a ciência, aumentando as iniciativas que tem como finalidade aproximar a ciência do público. Embora seja aos investigadores que cabe a tarefa de produzir e de divulgar o conhecimento científico, os comunicadores de ciência ganharam um papel fundamental nas instituições científicas, são eles que fazem a ligação entre os investigadores, a comunicação social  e o público.
Apesar deste crescimento da comunicação de ciência, existem ainda algumas lacunas a colmatar em algumas instituições científicas e unidades de investigação e que suscitaram o desenvolvimento deste projeto. Caracterizando-se o ISCTE-IUL como uma research university, existem algumas falhas a nível comunicacional entre os investigadores, sendo que a falta de comunicação entre eles foi umas das falhas percecionadas, logo à partida. Este trabalho teve como objeto de estudo as oito unidades de investigação do ISCTE-IUL e a interdisciplinaridade entre elas. O conceito de interdisciplinaridade é fundamental no ensino e na investigação e surgiu aqui como uma forma de colmatar a falta de comunicação e a troca de informações, que existe entre os investigadores dos diferentes centros de investigação e das diferentes áreas.  
O projeto de investigação foi desenvolvido com base num questionário a todos os investigadores das oito unidades de investigação, onde foi possível perceber quais as fragilidades existentes e qual a opinião dos mesmos acerca da falta de interdisciplinaridade entre eles. Com este projeto de investigação pretendemos colmatar essas falhas, criando novas ferramentas de trabalho que permitam superar as dificuldades encontradas pelos investigadores, bem como conceber ferramentas que levem os investigadores a colaborar mais entre si e a divulgarem os seus trabalhos de investigação entre todos. 
No presente projeto de investigação propõe-se um plano de comunicação para as oitos unidades, com ações a serem desenvolvidas e implementadas de forma a aumentar a interdisciplinaridade entre os investigadores e a melhorar a comunicação entre todos. 
ER  -