Ciência-IUL    Publicações    Descrição Detalhada da Publicação    Exportar

Exportar Publicação

A publicação pode ser exportada nos seguintes formatos: referência da APA (American Psychological Association), referência do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers), BibTeX e RIS.

Exportar Referência (APA)
Pires, R. P. (2012). O problema da ordem. Sociologia, Problemas e Práticas. 69, 31-45
Exportar Referência (IEEE)
R. P. Pires,  "O problema da ordem", in Sociologia, Problemas e Práticas, no. 69, pp. 31-45, 2012
Exportar BibTeX
@article{pires2012_1611424789687,
	author = "Pires, R. P.",
	title = "O problema da ordem",
	journal = "Sociologia, Problemas e Práticas",
	year = "2012",
	volume = "",
	number = "69",
	doi = "10.7458/SPP201269785",
	pages = "31-45",
	url = "http://sociologiapp.iscte-iul.pt/index.jsp"
}
Exportar RIS
TY  - JOUR
TI  - O problema da ordem
T2  - Sociologia, Problemas e Práticas
IS  - 69
AU  - Pires, R. P.
PY  - 2012
SP  - 31-45
SN  - 0873-6529
DO  - 10.7458/SPP201269785
UR  - http://sociologiapp.iscte-iul.pt/index.jsp
AB  - Como se explica a emergência de padrões ordenados de atos e relacionamentos protagonizados por indivíduos autónomos, criativos e livres? Que consequências têm sobre esses mesmos indivíduos aqueles padrões de atos e relacionamentos? Estas questões integram o que podemos designar como o “problema da ordem”. Neste artigo, contesta-se a associação entre aquele problema e as ideias de reprodução, consenso e determinismo, argumenta-se que a previsibilidade da vida social é maior do que muitas vezes reconhecido e sustenta-se que a reflexividade dos agentes humanos não se opõe lógica ou empiricamente à emergência de regularidades sociais. Por fim, define-se ordem social em termos factuais como a padronização que emerge dos processos relacionais de interação, de agrupamento e de interdependência sistémica.
ER  -