Ciência-IUL    Publicações    Descrição Detalhada da Publicação    Exportar

Exportar Publicação

A publicação pode ser exportada nos seguintes formatos: referência da APA (American Psychological Association), referência do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers), BibTeX e RIS.

Exportar Referência (APA)
Melo, P. B. & Assis, R. V. (2014). Mídia, consumo e crime na juventude: a construção de um traçado teórico. Caderno CRH. 27 (70), 151-164
Exportar Referência (IEEE)
P. B. Melo and R. V. Assis,  "Mídia, consumo e crime na juventude: a construção de um traçado teórico", in Caderno CRH, vol. 27, no. 70, pp. 151-164, 2014
Exportar BibTeX
@article{melo2014_1634333213244,
	author = "Melo, P. B. and Assis, R. V.",
	title = "Mídia, consumo e crime na juventude: a construção de um traçado teórico",
	journal = "Caderno CRH",
	year = "2014",
	volume = "27",
	number = "70",
	doi = "10.1590/S0103-49792014000100011",
	pages = "151-164",
	url = "http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-49792014000100011&lng=pt&tlng=pt"
}
Exportar RIS
TY  - JOUR
TI  - Mídia, consumo e crime na juventude: a construção de um traçado teórico
T2  - Caderno CRH
VL  - 27
IS  - 70
AU  - Melo, P. B.
AU  - Assis, R. V.
PY  - 2014
SP  - 151-164
SN  - 0103-4979
DO  - 10.1590/S0103-49792014000100011
UR  - http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-49792014000100011&lng=pt&tlng=pt
AB  - Refletir sobre o consumo na modernidade abre caminho para pensar a possibilidade de surgimento de ações criminosas como meio de acesso a bens, ofertando a alguns indivíduos a chave de entrada a grupos sociais dos quais somente é possível pertencer através da posse de elementos distintivos. O objetivo deste artigo é discutir conceitos que sejam capazes de relacionar a comunicação, o consumo e o crime na juventude, a partir da pergunta: é possível haver conexão entre o discurso midiático (direto ou subliminar) - o conjunto de narrativas jornalísticas, publicitárias e de entretenimento sobre o consumo e o uso de bens - e a construção da identidade dos jovens, conduzindo alguns deles às ações criminosas como forma de posse desses objetos? A compreensão da dimensão cultural do ato criminoso como meio de acesso aos bens surge através da interface de estudos acerca do consumo, da juventude e do crime.
ER  -