Ciência-IUL    Publicações    Descrição Detalhada da Publicação    Exportar

Exportar Publicação

A publicação pode ser exportada nos seguintes formatos: referência da APA (American Psychological Association), referência do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers), BibTeX e RIS.

Exportar Referência (APA)
D'Almeida, P. Bento & Marat-Mendes, T. (2019). Bairro do Restelo: forma urbana e sustentabilidade. Revista de Morfologia Urbana. 7 (2)
Exportar Referência (IEEE)
P. B. Lima and T. M. Marat-Mendes,  "Bairro do Restelo: forma urbana e sustentabilidade", in Revista de Morfologia Urbana, vol. 7, no. 2, 2019
Exportar BibTeX
@article{lima2019_1618575048699,
	author = "D'Almeida, P. Bento and Marat-Mendes, T.",
	title = "Bairro do Restelo: forma urbana e sustentabilidade",
	journal = "Revista de Morfologia Urbana",
	year = "2019",
	volume = "7",
	number = "2",
	url = "http://revistademorfologiaurbana.org/index.php/rmu"
}
Exportar RIS
TY  - JOUR
TI  - Bairro do Restelo: forma urbana e sustentabilidade
T2  - Revista de Morfologia Urbana
VL  - 7
IS  - 2
AU  - D'Almeida, P. Bento
AU  - Marat-Mendes, T.
PY  - 2019
SN  - 2182-7214
UR  - http://revistademorfologiaurbana.org/index.php/rmu
AB  - O território hoje denominado de Restelo é testemunho de distintos ensaios urbanísticos ocorridos ao longo do século XX num só lugar de Lisboa. O “Bairro”, resultante do somatório de várias “partes de bairros”, testemunha mais de cinquenta anos de experiências realizadas por arquitectos-urbanistas Portugueses que colocaram em prática modelos de cidade outrora desenvolvidos. Na encosta tardoz ao Mosteiro dos Jerónimos, identifica-se a influência da Cidade Jardim, mas também se reconhecem boulevards de inspiração Parisiense e a vontade de ensaiar a Modernidade. Com o advento da investigação científica em Arquitectura e Urbanismo no Laboratório Nacional de Engenharia Civil, os contactos estabelecidos entre investigadores e homólogos centros de investigação estrangeiros, refletiram-se nos subsequentes trabalhos desenvolvidos em profissão liberal, particularmente no Restelo pela mão de Nuno Portas. Referimo-nos à experimentação volumétrica de diferentes soluções urbanas como resposta ao problema da densidade.
O Restelo integra uma mão cheia de contributos da História da Arquitectura, do Urbanismo e da Investigação Científica em Arquitectura e Urbanismo em Portugal. Testemunha problemas que afetam muitos bairros e cidades e colocam em causa a sustentabilidade socioeconómica e ambiental. Este artigo identifica os modelos urbanos aplicados no Restelo e promove uma leitura sobre eventuais impactos associados a questões socioeconómicas e ambientais na atualidade.
ER  -