Exportar Publicação

A publicação pode ser exportada nos seguintes formatos: referência da APA (American Psychological Association), referência do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers), BibTeX e RIS.

Exportar Referência (APA)
Seabra, P. (2019). Desafios e oportunidades do multilateralismo no Atlântico Sul. Nação e Defesa. 154, 37-53
Exportar Referência (IEEE)
P. N. Seabra,  "Desafios e oportunidades do multilateralismo no Atlântico Sul", in Nação e Defesa, no. 154, pp. 37-53, 2019
Exportar BibTeX
@article{seabra2019_1716514231595,
	author = "Seabra, P.",
	title = "Desafios e oportunidades do multilateralismo no Atlântico Sul",
	journal = "Nação e Defesa",
	year = "2019",
	volume = "",
	number = "154",
	pages = "37-53",
	url = "https://www.idn.gov.pt/publicacoes/nacaodefesa/resumo_abstract/NeDef154_Abstract_PedroSeabra.pdf"
}
Exportar RIS
TY  - JOUR
TI  - Desafios e oportunidades do multilateralismo no Atlântico Sul
T2  - Nação e Defesa
IS  - 154
AU  - Seabra, P.
PY  - 2019
SP  - 37-53
SN  - 0870-757X
UR  - https://www.idn.gov.pt/publicacoes/nacaodefesa/resumo_abstract/NeDef154_Abstract_PedroSeabra.pdf
AB  - Por entre a narrativa crescente de uma crise do multilateralismo internacional, instrumentos e arcabouços coletivos são cada vez mais questionados em toda a linha. Como pensar tais desenvolvimentos em termos do Atlântico e como compreender este espaço do ponto de vista multilateral mais a sul? Este artigo argumenta que existem especificidades próprias, que ajudam a melhor compreender a evolução da oferta institucional nos últimos anos. Com um enfoque nos desafios e oportunidades associados a dinâmicas informais de cooperação entre as duas margens, são analisados mecanismos de governação para o Atlântico Sul com pressupostos, alcances e resultados distintos. Conclui-se pela necessidade de atender quer à multiplicidade existente da oferta multilateral quer à irregularidade operacional recorrente, por forma a conseguir-se caracterizar devidamente este espaço regional.
ER  -