Ciência-IUL    Publicações    Descrição Detalhada da Publicação    Exportar

Exportar Publicação

A publicação pode ser exportada nos seguintes formatos: referência da APA (American Psychological Association), referência do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers), BibTeX e RIS.

Exportar Referência (APA)
Almeida, Maria Antónia (2020). Saúde Societal: Uma abordagem inclusiva do conhecimento em saúde. In Cadernos de saúde societal: O que aprendemos com a pandemia?. (pp. 7-37). Lisboa: ISCTE.
Exportar Referência (IEEE)
M. A. Almeida,  "Saúde Societal: Uma abordagem inclusiva do conhecimento em saúde", in Cadernos de saúde societal: O que aprendemos com a pandemia?, Lisboa, ISCTE, 2020, vol. 1, pp. 7-37
Exportar BibTeX
@incollection{almeida2020_1618561058265,
	author = "Almeida, Maria Antónia",
	title = "Saúde Societal: Uma abordagem inclusiva do conhecimento em saúde",
	chapter = "",
	booktitle = "Cadernos de saúde societal: O que aprendemos com a pandemia?",
	year = "2020",
	volume = "1",
	series = "",
	edition = "1",
	pages = "7-7",
	publisher = "ISCTE",
	address = "Lisboa",
	url = "https://www.iscte-iul.pt/conteudos/iscte-saude/2080/saude-societal"
}
Exportar RIS
TY  - CHAP
TI  - Saúde Societal: Uma abordagem inclusiva do conhecimento em saúde
T2  - Cadernos de saúde societal: O que aprendemos com a pandemia?
VL  - 1
AU  - Almeida, Maria Antónia
PY  - 2020
SP  - 7-37
CY  - Lisboa
UR  - https://www.iscte-iul.pt/conteudos/iscte-saude/2080/saude-societal
AB  - Uma definição de Saúde Societal impõe‑se como necessária no início do Iscte Saúde, como algo que seja simultaneamente agregador, provocador, mas que também aponte um caminho a seguir. Sem definir esse conceito, necessariamente em construção, podemos perder‑nos – os mais de 30 docentes e investigadores que já se mobilizaram no Iscte à volta da saúde e os nossos destinatários – no labirinto de complexidades que uma abordagem holística a um tema transversal à sociedade sempre coloca. Não faz sentido, contudo, construir e definir conceitos no vazio quando, no silêncio dos anos passados, o Iscte foi “fazendo” Saúde. À sua maneira, havia e há Saúde no Iscte! Assim, da recolha de dezenas de pequenas luzes e do seu alinhamento se faz um forte farol. Se abrimos este texto conceptualizando, de forma incompleta, o recorte do mesmo, fechamos a juntar, salientar e alinhar as pequenas luzes que já davam ao Iscte visões e ações sobre a saúde e a sociedade.
ER  -