Ciência-IUL    Publicações    Descrição Detalhada da Publicação    Exportar

Exportar Publicação

A publicação pode ser exportada nos seguintes formatos: referência da APA (American Psychological Association), referência do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers), BibTeX e RIS.

Exportar Referência (APA)
Fernandes, D. (2018). Para uma compreensão das relações entre avaliação, ética e política pública. Revista de Educação. 23 (1), 19-36
Exportar Referência (IEEE)
D. M. Fernandes,  "Para uma compreensão das relações entre avaliação, ética e política pública", in Revista de Educação, vol. 23, no. 1, pp. 19-36, 2018
Exportar BibTeX
@article{fernandes2018_1634330270299,
	author = "Fernandes, D.",
	title = "Para uma compreensão das relações entre avaliação, ética e política pública",
	journal = "Revista de Educação",
	year = "2018",
	volume = "23",
	number = "1",
	doi = "10.24220/2318-0870v23n1a3932",
	pages = "19-36",
	url = "https://www.redalyc.org/jatsRepo/5720/572063483003/index.html"
}
Exportar RIS
TY  - JOUR
TI  - Para uma compreensão das relações entre avaliação, ética e política pública
T2  - Revista de Educação
VL  - 23
IS  - 1
AU  - Fernandes, D.
PY  - 2018
SP  - 19-36
SN  - 1519-3993
DO  - 10.24220/2318-0870v23n1a3932
UR  - https://www.redalyc.org/jatsRepo/5720/572063483003/index.html
AB  - O principal propósito deste artigo é contribuir para discernir e compreender relações entre Avaliação, Ética e Política Pública, como forma de suscitar reflexões sobre questões teóricas e práticas inerentes a qualquer processo de avaliação. Nesse sentido, além de se discutirem perspectivas constantes na literatura acerca de cada um daqueles três conceitos, analisam-se as relações entre eles e faz-se uma sistematização do que se considerou ser mais relevante na discussão desenvolvida ao longo do artigo. Conclui-se que as reflexões teóricas são um contributo indispensável para que as relações entre a avaliação, a política pública e a ética possam ser mais transparentes e, consequentemente, para que a avaliação possa, cada vez mais, ser um poderoso processo a serviço da melhoria e transformação das pessoas, das instituições e das sociedades. Desse modo, está-se a trabalhar para vir a ter políticas públicas mais éticas, mais orientadas para o bem público e para a construção de uma democracia empenhada nas questões sociais e no bem-estar responsável dos cidadãos.

ER  -