Exportar Publicação

A publicação pode ser exportada nos seguintes formatos: referência da APA (American Psychological Association), referência do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers), BibTeX e RIS.

Exportar Referência (APA)
Duarte, R, Vieira, J. & Neves, J. S. (2021). Leitura(s) em grupo. Um estudo de caso sobre práticas de leitura online. Entreler. 1, 89-98
Exportar Referência (IEEE)
R. Duarte et al.,  "Leitura(s) em grupo. Um estudo de caso sobre práticas de leitura online", in Entreler, no. 1, pp. 89-98, 2021
Exportar BibTeX
@article{duarte2021_1716231330016,
	author = "Duarte, R and Vieira, J. and Neves, J. S.",
	title = "Leitura(s) em grupo. Um estudo de caso sobre práticas de leitura online",
	journal = "Entreler",
	year = "2021",
	volume = "",
	number = "1",
	pages = "89-98",
	url = "https://www.pnl2027.gov.pt/np4/entreler/artigo4.html"
}
Exportar RIS
TY  - JOUR
TI  - Leitura(s) em grupo. Um estudo de caso sobre práticas de leitura online
T2  - Entreler
IS  - 1
AU  - Duarte, R
AU  - Vieira, J.
AU  - Neves, J. S.
PY  - 2021
SP  - 89-98
SN  - 2184-8386
UR  - https://www.pnl2027.gov.pt/np4/entreler/artigo4.html
AB  - A partir de um estudo feito sobre o uso das redes sociais online (RSO) por leitores de livros, este artigo pretende explorar a prevalência das práticas de leitura em grupo no meio digital, contextualizando esta prática com o fenómeno dos clubes de leitura, que precederam o advento da Internet (Sedo, 2003; Griswold, McDonnell e Wright, N., 2005; Radway, 1991).
Através de entrevistas semiestruturadas mediadas pelas RSO a um grupo de jovens, leitores ávidos, conclui-se que a leitura em grupo é uma prática comum entre os entrevistados, assumindo, no entanto, formas que vão além do "clássico" clube de leitura. Desta forma, a Internet é utilizada como ferramenta de mediação para discutir o livro através de meios tão diversos como grupos de WhatsApp, servidores do Discord, caixas de comentários em blogues de leitura, fóruns, e partilhas nas RSO.
Traça-se ainda um paralelismo entre as características sociodemográficas do grupo em análise — maioritariamente mulheres, jovens, com altos níveis de escolaridade e de classe média — e as características da classe leitora, tal como apresentado por Griswold, McDonnell e Wright (2005).
ER  -