Exportar Publicação

A publicação pode ser exportada nos seguintes formatos: referência da APA (American Psychological Association), referência do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers), BibTeX e RIS.

Exportar Referência (APA)
Silva, S. F. , Botelho, M. C., Mauritti, R., Nunes, N., Cabrita, L. & Craveiro, D. (2022). Redução das desigualdades no âmbito da Agenda 2030 da ONU. Sociologia On Line. 29, 54-89
Exportar Referência (IEEE)
S. F. Silva et al.,  "Redução das desigualdades no âmbito da Agenda 2030 da ONU", in Sociologia On Line, no. 29, pp. 54-89, 2022
Exportar BibTeX
@article{silva2022_1716401027256,
	author = "Silva, S. F.  and Botelho, M. C. and Mauritti, R. and Nunes, N. and Cabrita, L. and Craveiro, D.",
	title = "Redução das desigualdades no âmbito da Agenda 2030 da ONU",
	journal = "Sociologia On Line",
	year = "2022",
	volume = "",
	number = "29",
	doi = "10.30553/sociologiaonline.2022.29.3",
	pages = "54-89",
	url = "https://revista.aps.pt/pt/reducao-das-desigualdades-no-ambito-da-agenda-2030-da-onu/"
}
Exportar RIS
TY  - JOUR
TI  - Redução das desigualdades no âmbito da Agenda 2030 da ONU
T2  - Sociologia On Line
IS  - 29
AU  - Silva, S. F. 
AU  - Botelho, M. C.
AU  - Mauritti, R.
AU  - Nunes, N.
AU  - Cabrita, L.
AU  - Craveiro, D.
PY  - 2022
SP  - 54-89
SN  - 1647-3337
DO  - 10.30553/sociologiaonline.2022.29.3
UR  - https://revista.aps.pt/pt/reducao-das-desigualdades-no-ambito-da-agenda-2030-da-onu/
AB  - As desigualdades sociais ocupam um lugar central nas discussões científicas, políticas e internacionais acerca do desenvolvimento humano. Em setembro de 2015, as Nações Unidas adotaram a
Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, na qual a problemática das desigualdades constitui
uma preocupação transversal. Tendo como foco o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 10
(Meta 10.2), procuramos entender em que medida o European Social Survey (2016) se configura como
uma solução adequada para a análise das desigualdades sociais no âmbito do desenvolvimento sustentável. Face à urgência de definir um sistema de indicadores robusto que permita a monitorização do
progresso dos países face ao cumprimento dos ODS, propomo-nos a operacionalizar um conjunto de
indicadores que, indo mais longe do que os indicadores já propostos pela ONU e pelo Eurostat, permitam compreender como diferentes níveis de inclusão social, económica e política são influenciados por
desigualdades sociais nos diferentes países europeus.
ER  -