Ciência-IUL    Autores    João Moreira    Currículo
Resumo CV

 

 

João Moreira

Curriculum Vitae

Nome: João Carlos dos Santos Moreira

Data e local de nascimento: 30 de Junho de 1990, Coimbra

Telemóvel: +351 914979678

E-mail: joaocsantosmoreira @gmail.com

 

Qualificações académicas

·         2018-… – Doutorando no Programa Inter-universitário de Doutoramento em História ICS-UL/ISCTE-IUL.

·         2014-2015 – Doutorando em Altos Estudos em História na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Ano curricular concluído com a média de 18 valores.

·         2011-2014 – Mestrado de História – Época Contemporânea na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Nota final de 17 valores. Dissertação de Mestrado «O Trotskismo em Portugal – geografias de um “marxismo vivo” (1968-1974)» classificada com a nota de 18 valores.

·         2010-2011 – Aluno da Universidade de Gotemburgo, Suécia, ao abrigo do Programa Erasmus. Áreas de estudo: Global Studies; Swedish Politics; International Conflict Resolution; Care of Elderly; Families in Transition; Local and Global Social Movements in Scandinavia; Culture and Sexuality in Modern Swedish Society.

·         2008-2011 – Licenciatura em Sociologia pelo Instituto Superior das Ciências do Trabalho e da Empresa – Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL). Nota final de 13 valores.

 

Atividade profissional e científica

·         2018-2022 – Bolseiro de Doutoramento FCT no ICS-IUL e ISCTE-IUL.

·         2016-2017 – Investigador no projeto “A História da UGT” do Instituto de História Contemporânea sob a orientação do Professor Doutor José Maria Brandão de Brito e da Professora Doutora Cristina Rodrigues.

 

Publicações livros

·         Moreira, João (prefácio e organização) (2019), Portugal e a União Europeia – da “longa descoberta” à “Europa que (não) queremos”, de João Martins Pereira, Lisboa, Âncora Editora.

·         Brito, José Maria Brandão de, e Rodrigues, Cristina (2017), A UGT na História do Movimento Sindical: 1990-2010, Porto, Afrontamento. Colaborador.

 

Artigos científicos publicados

·         Moreira, João (2021), «Eduardo Prado Coelho ou as dissidências políticas de um nómada intelectual», in Biblos, nº 7, p. 15-37.

·         Moreira, João (2018), «João Martins Pereira. Um intelectual público para além do “pequeno mundo estreito”» in Estudos do Século XX, nº 18, p. 168-187.

·         Moreira, João (2018), «A Crítica das Esquerdas em João Martins Pereira», II Congresso de História do Movimento Operário e dos Movimentos Sociais em Portugal, 6 e 7 de abril de 2015, FCSH-UNL.

·         Moreira, João (2016), «O Trotskismo em Portugal: 1968-1974» in Atas do I Congresso de História do Movimento Operário e dos Movimentos Sociais em Portugal, 13-15 de março de 2013, FCSH-UNL, Vol. I.

 

Recensões críticas publicadas

·         João Moreira (2021), recensão crítica a Rui Bebiano – No Labirinto de Outubro: cem anos de revolução e dissidência, In Revista Crítica de Ciências Sociais, nº 125, p. 259-263.

·         Moreira, João (2019), recensão crítica Marc Ferro – A Cegueira: uma outra história do nosso mundo, In Revista História das Ideias, Vol. 37, 2ª série, p. 318-321.

·         Moreira, João (2019), recensão crítica a Slavoj Zizek – Lenine 2017, Lisboa: Elsinore, In Revista Portuguesa de Ciência Política, nº 9, p. 147-151.

·         Moreira, João (2018), recensão crítica a Raquel Varela – Breve História da Europa, In Critique, nº 47, p. 617-619.

·         Moreira, João (2018), recensão crítica a William A. Pelz – A História do Povo da Europa Moderna, Lisboa: Objectiva, In Revista de História da Sociedade e da Cultura, nº 18, p. 443-445.

·         Moreira, João (2018), recensão crítica a Rui Bebiano – Tony Judt: historiador e intelectual público, Lisboa: Edições 70, In Estudos do Século XX, nº 18, p. 223-224.

·         João Moreira (2017), recensão crítica à obra coletiva A Revolução Russa – cem anos depois, Lisboa: Parsifal, In História: Revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, IV série, volume 8, p. 243-246.

 

Artigos publicados na imprensa escrita

·         Moreira, João (2017), «A Ideia de Socialismo – tentativa de atualização, de Axel Honneth», Le Monde Diplomatique, nº 130, Agosto 2017.

·         Moreira, João (2016), «Portugal e a União Europeia em João Martins Pereira. Crítica e mito.», Le Monde Diplomatique, nº 122, Dezembro 2016.

 

Publicações na imprensa online

·         Moreira, João (2017), «O Trotskismo em Portugal (1968-1974). Notas para uma compreensão”», Praxis Magazine, Agosto 2017, disponível em https://medium.com/praxismag/o-trotskismo-em-portugal-1968-1974-notas-para-uma-compreens%C3%A3o-jo%C3%A3o-moreira-7aa75de06bc1.

·         Moreira, João (2017), «O Maoísmo português e o “anarco-trotskismo”», Praxis Magazine, Agosto 2017, disponível em https://medium.com/praxismag/o-mao%C3%ADsmo-portugu%C3%AAs-e-o-anarco-trotskismo-jo%C3%A3o-moreira-f66a47338df9.

·         Moreira, João (2017), «O PCP e o “Judas Trotsky” (1920-1974)», Praxis Magazine, Julho 2017, disponível em https://medium.com/praxismag/pcp-e-trostky-b513f71881a8.

 

Comunicações por convite

·         Orador convidado pelo Instituto de História Contemporânea para o Seminário Internacional «Percursos cruzados das esquerdas radicais ibéricas entre a ditadura e a democracia» com a comunicação “O Trotskismo em Portugal (1968-1974)”. Museu do Aljube, Lisboa, 27 e 28 de junho 2019.

·         Orador convidado pela Universidade de Coimbra e pelo Centro de Documentação 25 de Abril para o colóquio «A Casa das Memórias», no quadro da 20ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra, 27 de março de 2018.

·         Orador convidado pela Casa da Achada – Centro Mário Dionísio para o debate «Chamamos Hoje João Martins Pereira» com Francisco Louçã, Adelino Gomes e Jean-Luc Le Douarec, dia 28 de abril de 2016, Centro Mário Dionísio, Lisboa.

·         Orador convidado pelo Centro de História da Sociedade e da Cultura e pelo 3º Ciclo em Altos Estudos e História «João Martins Pereira e o pensamento político português num tempo de transição (1968-1986)», Workshop Fazer História (Projetos de Doutoramento em debate), Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, 5 de Maio de 2015.

·         Orador convidado pelo Centro de Língua Portuguesa/Camões IP na Universidade de Estocolmo para o seminário «A Revolução dos Cravos (1974-1975)», no dia 9 de Abril de 2014.

·         Orador convidado por Patrícia Portela para o debate «2084/Salão Utópico» com Boaventura Sousa Santos, Fernando Matos Oliveira, Helena Freitas, Alexandre Lemos e António Olaio, 23-25 de Maio de 2013, Coimbra.

 

Impacto do Trabalho Científico na Imprensa

·         «Congresso Marx: a extrema-esquerda portuguesa em debate», Carta Maior, 26 de Outubro de 2013. http://www.cartamaior.com.br/?/Editoria/Politica/Congresso-Marx-a-extrema-esquerda-portuguesa-em-debate/4/29335

 

Comunicações por call for papers

·         «Eduardo Prado Coelho. Retrato de um jovem intelectual português», Colóquio «São Mesmo as Últimas: Diário de Lisboa 1921-1990». Fundação Mário Soares e Maria Barroso, Lisboa, 29 de novembro 2021.

·         «O Café Vá-Vá. Do cinema novo à política nova (1958-1968)», Congresso “História da Cultura em Portugal no século XX”, Biblioteca Nacional, Lisboa, 8 de fevereiro 2019.

·         «O pensamento político de João Martins Pereira num período de transição (1974-1986), Open Day, Instituto de Ciências Sociais, Lisboa, 8 de maio 2018.

·         «A Revolução Russa e o Socialismo Real em João Martins Pereira», III Congresso Internacional Karl Marx – A Revolução de Outubro, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, 3 de outubro 2017.

·         «João Martins Pereira. Um “intelectual público” para além do “pequeno mundo estreito”», Congresso “Os intelectuais portugueses durante o Estado Novo”, Palácio do Vimioso, Universidade de Évora, 19 de junho 2017.

·         «Ditadura, Revolução e Democracia em João Martins Pereira», III Congresso História do Movimento Operário e dos Movimentos Sociais, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Lisboa, 4 e 5 de maio de 2017.

·         «A I República e o republicanismo português em João Martins Pereira», III Congresso I República e Republicanismo, Biblioteca Nacional, Lisboa, 22 de outubro de 2015.

·         «João Martins Pereira. O engenheiro que nacionalizou a indústria», Congresso Internacional A Crise Revolucionária de 1975. Estudos Transversais, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 8, 9, 11 e 12 de junho de 2015.

·         «A Crítica das Esquerdas em João Martins Pereira», II Congresso de História do Movimento Operário e dos Movimentos Sociais em Portugal, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, 7 de Abril de 2015.

·         «A “outra” esquerda radical e o 25 de Abril», V Encontro de Jovens Investigadores do CEIS 20 – Abril: só há liberdade a sério…, Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX, 27 de novembro de 2014.

·         «O Trotskismo em Portugal: 1974-1975», Congresso “A Revolução de Abril. Portugal 74-75”, Teatro Nacional D. Maria II, 22 de abril de 2014 (Painel 4 – Dinâmicas Económicas e Políticas).

·         «O Pensamento de Marx nas organizações trotskistas durante a Primavera Marcelista», II Congresso Internacional Karl Marx, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, 25 de outubro de 2013 (Painel 7 – Esquerda e Antifascismo na Península Ibérica).

·         «O Trotskismo em Portugal: 1969-1974», I Congresso de História do Movimento Operário e dos Movimentos Sociais em Portugal, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, 13 de Março de 2013 (Painel – Movimento Estudantil).

 

Línguas

 

Língua

Leitura

Escrita

Conversação

Português

Excelente

Excelente

Excelente

Inglês[1]

Excelente

Excelente

Excelente

Castelhano

Excelente

Excelente

Excelente

Francês

Elementar

Elementar

Elementar

Catalão

Elementar

Elementar

Elementar

Sueco

Elementar

Elementar

Elementar

 


[1] Certificate of Assessement. João Carlos dos Santos Moreira undertook na examination in English at International House Coimbra to evaluate this candidate’s level of English within the Council of Europe’s Common Framework of Reference for Languages and was classified at C1.

 

História e Arqueologia Humanidades
Filosofia, Ética e Religião Humanidades