Ciência-IUL    Autores    Carlos Maurício    Currículo
Resumo CV

FORMAÇÃO ACADÉMICA:

Grau: Doutoramento em História Social Contemporânea, na especialidade de História das Mentalidades e da Cultura

Instituição: ISCTE-IUL (Lisboa)

Data: 28-03-1996

Classificação: Aprovada com distinção e louvor por unanimidade

Instituição: ISCTE-IUL

 

CENTROS DE INVESTIGAÇÃO:

Membro do CIES-IUL - Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (ESPP)

[História Moderna e Contemporânea]

Sócio da Association for the Study of Nationalism and Ethnicity (London School of Economics and Political Science)

 

ORIENTAÇÕES:

DOUTORAMENTO -
Teses defendidas:

- Rafael Almeida Serra Dias. Povos Irmãos? Os Brasileiros em Portugal: Disptas e Negociações Identitárias (1986-2007). Programa Inter-Universitário de Doutoramento em História, ISCTE-IUL (2016)

- José Manuel Viegas Neves. Comunismo e Nacionalismo em Portugal. Política, Cultura e História no Século XX. Doutoramento em História Moderna e Contemporânea, ISCTE-IUL (2007)


MESTRADO -
Teses defendidas:

- Pedro Pinto, O PCP e a Desagregação da URSS (1985-2007). Mestrado em História Moderna e Contemporânea. ISCTE-IUL (2018)

- Salomão Arão Chipeco, O Fim da Guerra Fria na Imprensa Angolana. O Jornal de Angola (1988-1991). Mestrado em História Moderna e Contemporânea. ISCTE-IUL (2016)

- Marcelina Macana Bungo, O Pensamento Político de Agostinho Neto no Contexto da Luta de Libertação Nacional em Angola. Mestrado em História, Defesa e Relações Internacionais, ISCTE-IUL (2015)

- Pedro Castro. Os Banqueiros na Revolução (1974-75). Mestrado em História Moderna e Contemporânea. ISCTE-IUL (2014)

- Davide Maldarella. Imprenditori italiani e trata dei coolies cinesi in America Latina (1847-1874). European Master in History, Università di Pisa & ISCTE-IUL (2013)
- Rita Margarida Martins Viana. NATO: Aliança ou Organização de Segurança? Análise de 1991 a 2010. Mestrado em História, Defesa e Relações Internacionais, ISCTE-IUL (2012)

- Rafael de Ávila Betencourt. O Discurso Contra-Hegemônico dos Direitos Humanos na Revolução Bolivariana. Mestrado em História Moderna e Contemporânea, ISCTE-IUL (2012)

- Ana Matias. Imagens e Estereótipos da Sociedade Portuguesa sobre a Comunidade Chinesa. Mestrado em História Moderna e Contemporânea, ISCTE-IUL (2007)


BIBLIOGRAFIA:

Livros (autor)

 

A Invenção de Oliveira Martins. Política, Historiografia, Identidade nacional no Portugal contemporâneo (1867-1960). Lisboa. INCM. 2005

 

Artigos em revistas de circulação internacional com arbitragem científica

 

Um longo degelo: a guerra colonial e a descolonização nos ecrãs portugueses (1974-1994). Um inventário, Ler História, 2013, nº 65, p. 159-177

 

A guerra colonial e a descolonização vistas pelas sondagens de opinião (1973-2004). Nação e Defesa, 2011, 130, p. 267-295

 

Crescimento – Pobreza – Desigualdade. Assimetrias mundiais entre Estados e Regiões. Ler História, 2004, 46, p. 111-157

História nacionais: entre o passado e o futuro - apresentação / National histories: between the past and the future - introduction (Em colaboração com Magda Pinheiro). Ler História, 2001, 41, p. 5-13

O falso Portugal de Oliveira Martins. Ler História, 2000, 38, p. 57-86

O irmão inimigo. Revista da Universidade de Coimbra, 1999, 38, p. 203-220

Oliveira Martins historiador ou o problema da dupla vida de Portugal. Ler História, 1996, 30, p. 37-70

Entre silêncio e ouro. Sondando o milagre de Ourique na cultura portuguesa. Ler História, 1990, 20, p. 3-37

Na manhã fértil. Sondando o milagre de Ourique na cultura portuguesa. Ler História, 1988, 16, p. 3-28

 

Capítulos de livros

 

Da “ilusão bibliográfica” às Novas Biografias. In José Neves (ed.), Quem Faz a História. Ensaios sobre o Portugal Contemporâneo, Lisboa, Tinta-da-China, 2016, p. 101-113

 

A semente e os frutos. In M.J. Vaz, A. Pina & C. Maurício (eds.), Metamorfoses da Cultura. Estudos em Homenagem a Maria Carlos Radich, Edições CEHC, 2013, p. 9-11

 

O campo semântico de nação antes da Idade Contemporânea. In J.V. Serrão, M. Pinheiro e M.F.S.M. Ferreira (eds.), Desenvolvimento Económico e Mudança Social. Portugal nos últimos 2 séculos, Lisboa, Imprensa de Ciências Sociais, 2009, p. 601-612

História. In António Barreto e Maria Filomena Mónica (eds.), Dicionário de História de Portugal - Suplemento, Porto, Livraria Figueirinhas, Vol. VIII, 1999, p. 172-177

Uma cronologia de J.P.O. Martins. In Espólio Oliveira Martins (Esp. E 20) - Inventário. Lisboa, Instituto da Biblioteca Nacional e do Livro, 1995, p. 35-48

 

Outras contribuições em revistas de circulação internacional com arbitragem científica (exceto recensões críticas)

 

Hobsbawm, ou quando o nacionalismo inventa a nação. Ler História, 2012, 62, p. 113-116

Discriminação na União Europeia. Mundos separados, desígnios comuns. Ler História, 2007, 2, p. 213-220

Liberdade, Igualdade, Fraternidade no limiar do século XXI. Ler História, 2006, 50, p. 173-187

Recursos eletrónicos para o estudo da nação, etnicidade e sociedade global, Ler História, 2005, 48, p. 207-226

 

EDITOR ON-LINE:

Editor do Site "Materiais para o Estudo da Nação, Etnicidade e Nacionalismo" (http://menen.dh.iscte.pt/index.htm)

Qualificações Académicas
Universidade/Instituição Tipo Curso Período
ISCTE-IUL - Instituto Superior Ciências Trabalho e da Empresa
Doutoramento História Social Contemporânea 1996
Faculdade de Letras - UL
Licenciatura História 1981