Ciência-IUL    Publicações    Descrição Detalhada da Publicação    Exportar

Exportar Publicação

A publicação pode ser exportada nos seguintes formatos: referência da APA (American Psychological Association), referência do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers), BibTeX e RIS.

Exportar Referência (APA)
Almeida, M. (2011). A epidemia de cólera de 1853-1856 na imprensa portuguesa. História, Ciências, Saúde – Manguinhos. 18 (4), 1057-1071
Exportar Referência (IEEE)
M. A. Almeida,  "A epidemia de cólera de 1853-1856 na imprensa portuguesa", in História, Ciências, Saúde – Manguinhos, vol. 18, no. 4, pp. 1057-1071, 2011
Exportar BibTeX
@article{almeida2011_1597414169536,
	author = "Almeida, M.",
	title = "A epidemia de cólera de 1853-1856 na imprensa portuguesa",
	journal = "História, Ciências, Saúde – Manguinhos",
	year = "2011",
	volume = "18",
	number = "4",
	doi = "10.1590/S0104-59702011000400006",
	pages = "1057-1071",
	url = "http://www.scielo.br/pdf/hcsm/v18n4/06.pdf"
}
Exportar RIS
TY  - JOUR
TI  - A epidemia de cólera de 1853-1856 na imprensa portuguesa
T2  - História, Ciências, Saúde – Manguinhos
VL  - 18
IS  - 4
AU  - Almeida, M.
PY  - 2011
SP  - 1057-1071
SN  - 0104-5970
DO  - 10.1590/S0104-59702011000400006
UR  - http://www.scielo.br/pdf/hcsm/v18n4/06.pdf
AB  - A investigação em curso debruça-se sobre a divulgação da Ciência e da Tecnologia a um público não especializado. A principal fonte utilizada é a imprensa generalista, com a qual se pretende obter uma imagem da popularização da Ciência em Portugal. A trajectória de longa duração dos periódicos escolhidos permite uma continuidade na investigação que nos fornecerá material para a produção de uma análise comparativa do tema entre meados do século XIX e o XX. Considerando a intenção explícita da imprensa do século XIX em formar audiências e espalhar o conhecimento, utilizam-se as notícias, artigos desenvolvidos e anúncios sobre a epidemia de cólera de 1853-56 como um exemplo para avaliar os conhecimentos científicos da época, especialmente sobre prevenção e tratamento, e o modo como estes eram divulgados e usados pela sociedade. 
ER  -