Ciência-IUL    Publicações    Descrição Detalhada da Publicação    Exportar

Exportar Publicação

A publicação pode ser exportada nos seguintes formatos: referência da APA (American Psychological Association), referência do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers), BibTeX e RIS.

Exportar Referência (APA)
Fonseca, R. P. (2017). A construção de masculinidades através da 'carne vermelha': dois casos de estudo na publicidade portuguesa. Tropos: Comunicação Sociedade e Cultura. 6 (2), 1-18
Exportar Referência (IEEE)
R. P. Fonseca,  "A construção de masculinidades através da 'carne vermelha': dois casos de estudo na publicidade portuguesa", in Tropos: Comunicação Sociedade e Cultura, vol. 6, no. 2, pp. 1-18, 2017
Exportar BibTeX
@article{fonseca2017_1600439491160,
	author = "Fonseca, R. P.",
	title = "A construção de masculinidades através da 'carne vermelha': dois casos de estudo na publicidade portuguesa",
	journal = "Tropos: Comunicação Sociedade e Cultura",
	year = "2017",
	volume = "6",
	number = "2",
	pages = "1-18",
	url = "http://revistas.ufac.br/revista/index.php/tropos/index"
}
Exportar RIS
TY  - JOUR
TI  - A construção de masculinidades através da 'carne vermelha': dois casos de estudo na publicidade portuguesa
T2  - Tropos: Comunicação Sociedade e Cultura
VL  - 6
IS  - 2
AU  - Fonseca, R. P.
PY  - 2017
SP  - 1-18
SN  - 2358-212X
UR  - http://revistas.ufac.br/revista/index.php/tropos/index
AB  - No âmbito do consumo alimentar, designadamente de produtos de origem animal, a publicidade proporciona enquadramentos básicos de cognição social, potencialmente agregadores de crenças e de atitudes amplamente partilhadas pela população consumidora – fundando as percepções relativamente aos animais explorados para o efeito em relações instrumentais. Através de uma contextualização sustentada por autores/referências, bem como através de uma análise de dois casos de estudo, este artigo sustenta que a “carne vermelha” surge representada na publicidade portuguesa como um “alimento” central, apropriado para servir de base para a interação, convivência e coesão social, mas também altamente masculinizado - quer nos seus processos de preparação, quer nas práticas de consumo. Conjuntamente às atribuições simbólicas relativamente à “carne vermelha” e aos modelos de masculinidade, este artigo também sustenta que as omissões, relativamente aos processos de produção relativos aos animais não-humanos, cumprem um papel fundamental nas representações publicitárias.  
ER  -