Ciência-IUL    Comunicações    Descrição Detalhada da Comunicação    Exportar

Exportar Publicação

A publicação pode ser exportada nos seguintes formatos: referência da APA (American Psychological Association), referência do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers), BibTeX e RIS.

Exportar Referência (APA)
Matias, A.R. (2019). Educação bilingue e educação para a diversidade linguística podem constituir ferramentas para uma educação anti-racista?. Roteiro para uma Educação Antirracista - "“Diversidade Linguística e Bilinguismo”.
Exportar Referência (IEEE)
A. R. Matias,  "Educação bilingue e educação para a diversidade linguística podem constituir ferramentas para uma educação anti-racista?", in Roteiro para uma Educação Antirracista - "“Diversidade Linguística e Bilinguismo”, Setúbal, 2019
Exportar BibTeX
@misc{matias2019_1618739085008,
	author = "Matias, A.R.",
	title = "Educação bilingue e educação para a diversidade linguística podem constituir ferramentas para uma educação anti-racista?",
	year = "2019",
	howpublished = "Digital",
	url = "https://www.si.ips.pt/ese_si/noticias_geral.ver_noticia?P_NR=10080"
}
Exportar RIS
TY  - CPAPER
TI  - Educação bilingue e educação para a diversidade linguística podem constituir ferramentas para uma educação anti-racista?
T2  - Roteiro para uma Educação Antirracista - "“Diversidade Linguística e Bilinguismo”
AU  - Matias, A.R.
PY  - 2019
CY  - Setúbal
UR  - https://www.si.ips.pt/ese_si/noticias_geral.ver_noticia?P_NR=10080
AB  - Propõe-se um enquadramento comparativo entre diferentes experiências de educação bilingue/plurilingue que tiveram lugar em Portugal nos últimos 40
anos e o ensino de Português Língua Não Materna. A análise procura discutir a cultura de educação monolingue e monocultural
vigente nas escolas de ensino público, por contraste às intervenções cujas abordagens implicaram metodologias de alfabetização com uso do cabo-verdiano, com resultados no empoderamento dos alunos e famílias envolvidas, numa maior abertura
e consciência comunicativa e nas atividades de escrita e leitura. Discute-se, posteriormente, em torno de representações sobre língua de escolarização associada a
noções de objetividade, adequabilidade, naturalização, desvio e défice, ligadas a
processos históricos de estigmatização linguística e cidadã. 
ER  -