Exportar Publicação

A publicação pode ser exportada nos seguintes formatos: referência da APA (American Psychological Association), referência do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers), BibTeX e RIS.

Exportar Referência (APA)
Martins Geraldes, S. (2019). A estratégia de cibersegurança da União Europeia: catastrofista, realista e/ou otimista?. Nação e Defesa . 154, 91-108
Exportar Referência (IEEE)
S. C. Geraldes,  "A estratégia de cibersegurança da União Europeia: catastrofista, realista e/ou otimista?", in Nação e Defesa , no. 154, pp. 91-108, 2019
Exportar BibTeX
@article{geraldes2019_1716912870039,
	author = "Martins Geraldes, S.",
	title = "A estratégia de cibersegurança da União Europeia: catastrofista, realista e/ou otimista?",
	journal = "Nação e Defesa ",
	year = "2019",
	volume = "",
	number = "154",
	pages = "91-108",
	url = "https://www.idn.gov.pt/publicacoes/nacaodefesa/textointegral/NeD154.pdf?fbclid=IwAR1iewn_6fIc7yIN_x_GpvTiYFNrlzo60LlA9VMGPagS_UHOcbZOV9rT0uE"
}
Exportar RIS
TY  - JOUR
TI  - A estratégia de cibersegurança da União Europeia: catastrofista, realista e/ou otimista?
T2  - Nação e Defesa 
IS  - 154
AU  - Martins Geraldes, S.
PY  - 2019
SP  - 91-108
UR  - https://www.idn.gov.pt/publicacoes/nacaodefesa/textointegral/NeD154.pdf?fbclid=IwAR1iewn_6fIc7yIN_x_GpvTiYFNrlzo60LlA9VMGPagS_UHOcbZOV9rT0uE
AB  - O ciberespaço tem sido considerado uma matéria de segurança central, apesar do seu estatuto inicial de simples problema técnico. Na era da conectividade digital, a existência de redes significa que qualquer dispositivo
está susceptível à intrusão externa não autorizada e a dependência tecnológica dos Estados e das sociedades cria uma percepção de vulnerabilidade. Este contexto tem justificado a securitização do ciberespaço, com implicações legais, éticas e políticas. Neste cenário, assiste-se à introdução da cibersegurança no topo das agendas políticas dos Estados e das organizações internacionais, como a União Europeia, mas também a uma crescente preocupação com a excessiva regulamentação deste domínio. Deste modo, este artigo, mediante análise de discurso e segundo o modelo proposto por Mark Lacy e Daniel Prince (2018), analisa a evolução da posição
discursiva da UE em relação ao ciberespaço enquanto matéria de segurança, para compreender se a estratégia de cibersegurança europeia é catastrofista, realista e/ou otimista. 
ER  -