Artigo em revista científica Q4
A cooperação bilateral Brasil-Moçambique, com enfoque especial na área da defesa
Luca Bussotti (Bussotti, L.); Ernesto Carlos Macamo (Macamo, E.);
Título Revista
Cadernos de Estudos Africanos
Ano
2018
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Web of Science®

Esta publicação não está indexada na Web of Science®

Scopus

N.º de citações: 0

(Última verificação: 2022-08-04 20:50)

Ver o registo na Scopus

Google Scholar

Esta publicação não está indexada no Google Scholar

Títulos Alternativos

(Inglês) Brazil-Mozambique bilateral cooperation, with a special focus on the ield of defence

Abstract/Resumo
Este artigo pretende compreender a evolução das relações bilaterais Brasil-Moçambique, sobretudo na área da defesa. As relações entre os dois países entraram numa fase nova com o advento de Lula e do lado moçambicano com a presidência de Guebuza. Tais relações se focalizaram em sectores tais como saúde e educação, mas na área da defesa houve também muitos avanços. A pesquisa, baseada numa metodologia qualitativa, conclui que as rela-ções bilaterais no sector da defesa foram caracterizadas por uma “convergência ambígua”, em que por um lado Brasil se comprometia com programas de apoio ao desenvolvimento, mas ao mesmo tempo formava militares e vendia equipamentos necessários que o governo de Moçambique usou para reabrir uma frente de guerra com a Renamo.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Defesa,Lula,Guebuza,Segurança,Relações bilaterais,Convergência ambígua
  • Sociologia - Ciências Sociais
  • Ciências Políticas - Ciências Sociais
Registos de financiamentos
Referência de financiamento Entidade Financiadora
UIDB/03122/2020 Fundação para a Ciência e a Tecnologia