Periódico generalista
A lição das eleições municipais namibianas
Eugénio Costa Almeida (Almeida, E. C.);
Título Revista/Livro/Outro
Novo Jornal
Ano
2020
Língua
Português
País
Angola
Mais Informação
Web of Science®

Esta publicação não está indexada na Web of Science®

Scopus

Esta publicação não está indexada na Scopus

Google Scholar

N.º de citações: 0

(Última verificação: 2022-08-09 14:18)

Ver o registo no Google Scholar

Abstract/Resumo
As eleições autárquicas na Namíbia mostraram que a nova geração já esqueceu o efeito-impacto dos movimentos nacionalistas na libertação do País. Ou seja, a nova geração disse, por voto, o que eu já afirmei, por escrito, várias vezes: os movimentos nacionalistas devem se reconfigurar como partidos actuais e deixarem na História dos Países os nomes, as siglas, a história do Movimento de Libertação. A SWAPO, que nas páginas sociais aparece como SWAPO PARTY-THE WINNER, viu este seu nome "reconfigurado" nestas eleições municipais. É certo que as eleições municipais, por regra e em países onde a Democracia está bem implantada, não pode ser vistas como mostra infalível do que o eleitorado pensa dos seus representantes legislativos. (Novo Jornal, ed. 665, de 11 de Dezembro de 2020, pág. 35)
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Eleições Regionais,Angola,Namíbia
  • Ciências Políticas - Ciências Sociais