Artigo em revista científica Q3
A mobilização social das direitas em Portugal entre autoritarismo e democratização: o caso do Movimento Nacionalista (1972-1980)
Título Revista
Análise Social
Ano
2019
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Scopus

N.º de citações: 0

(Última verificação: 2020-09-18 22:18)

Ver o registo na Scopus

Abstract/Resumo
A mobilização social das direitas em Portugal entre autoritarismo e democratização: o caso do Movimento Nacionalista (1972-1980). Na década de 70 do século xx, as direitas portuguesas protagonizaram dois movimentos sociais em oposição ao reformismo marcelista e em favor da viragem à direita pós-prec. Entre os diferentes atores, a organização juvenil Movimento Nacionalista (mn) marca presença nos dois momentos. A sua análise qualitativa nestes dois contextos histórico-políticos permite descrever o comportamento coletivo das direitas na perspetiva da teoria dos movimentos sociais: as janelas de oportunidade, a estruturação em rede, as identidades, as interações entre atores, as estratégias de mobilização de recursos, os objetivos. Pretende-se, assim, fornecer uma contribuição inovadora aos estudos dos movimentos sociais portugueses entre o tardo-autoritarismo e a democratização.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Movimentos sociais,Direitas,Marcelismo,Transição democrática
  • Ciências Políticas - Ciências Sociais
  • História e Arqueologia - Humanidades
Registos de financiamentos
Referência de financiamento Entidade Financiadora
UID/CPO/03122/2013 Fundação para a Ciência e a Tecnologia