Capítulo de livro
A representação descritiva das mulheres é importante para as preferências políticas? O papel dos partidos políticos
Ana Espírito-Santo (Espírito-Santo, Ana); André Freire (Freire, A.); Sofia Serra-Silva (Serra-Silva, Sofia);
Título Livro
Mulheres e Eleições
Ano
2019
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Abstract/Resumo
Embora a presença de mulheres tenha vindo a aumentar em vários parlamentos em todo o mundo, ainda não se sabe muito sobre as consequências que a sua presença tem para a representação política em matéria de políticas públicas. Com base numa extensa base de dados comparativa sobre as preferências políticas de candidatos a deputados em 12 países e 87 partidos políticos, recolhidos entre 2006 e 2012 no âmbito do Comparative Candidate Survey, este artigo tem como objetivo compreender como a interação entre o partido político e o sexo dos candidatos parlamentares influencia as suas preferências políticas. Os resultados sugerem que a representação descritiva das mulheres tem influência nas políticas aprovadas, (i) principalmente (embora não apenas) quando estão em causa temas que afetam particularmente as mulheres e (ii) somente em relação a temas para os quais os partidos políticos não têm posições estabelecidas (i.e. temas não cristalizados). Há, portanto, evidência empírica que apoia a importância da representação descritiva de grupos minoritários para lidar com temas novos na agenda política.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
representação descritiva; género; preferências políticas; partidos políticos; deputados;