Artigo em revista científica Q3
As desigualdades sociais nos campos: o Alentejo entre as décadas de 30 e de 60 do século XX
Renato Miguel do Carmo (Carmo, R. M.);
Título Revista
Análise Social
Ano
2007
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Scopus

N.º de citações: 3

(Última verificação: 2021-09-21 17:57)

Ver o registo na Scopus


: 1.1
Abstract/Resumo
Este artigo questiona determinadas interpretações sobre a constituição da sociedade rural alentejana que, em nosso entender, exacerbam o grau e o significado da polarização social estabelecida entre a classe dos latifundiários e o estrato largamente maioritário composto pelos trabalhadores agrícolas. Não negando que a oposição entre ricos e pobres é um dos elementos estruturantes das desigualdades sociais nos meios rurais, consideramos que esta não engloba todos os fenómenos sociais que integravam o sistema latifundiário. Tendo por base os dados dos recenseamentos, concluímos que entre os anos 30 e a década de 50 proliferava nos campos um conjunto diferenciado de posições sociais intermédias que não se encaixam no esquema de classificação dicotómico.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Desigualdades sociais,Espaço rural,Latifundismo,Alentejo
  • Sociologia - Ciências Sociais
  • Ciências Políticas - Ciências Sociais