Artigo em revista científica
As redes do conhecimento científico
Teresa Patrício (Patrício, M. T.);
Título Revista
Janus: Anuário de relações exteriores
Ano
2012
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Abstract/Resumo
As novas tecnologias de informação e, em particular, a Internet, vieram alterar a forma e a dinâmica de fazer ciência, facilitando trocas, contactos e colaborações entre investigadores de todo o mundo. As redes do conhecimento científico podem ser vistas como relações de colaboração entre investigadores que promovem o conhecimento e a inovação. Funcionam como espaços onde ocorrem trocas de informação, partilhas de experiência, colaborações em projectos e publicações em co-autoria. As redes forjam-se através de encontros em reuniões científicas e na base de interesses comuns. Não são fruto do acaso e têm regras e dinâmicas que é necessário compreender para se perceber a força do “novo colégio invisível” (Wagner, 2008). As redes do conhecimento científico podem ser em áreas temáticas ou em programas específicos ou podem ser redes alargadas com indivíduos e organizações de outros sectores. As redes do conhecimento científico são a base de grande parte da produção científica e fazem parte integral do processo de criação e de divulgação do conhecimento científico e da inovação.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave