Artigo em revista científica
Caracterização sociográfica dos Ortoprotésicos licenciados na Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL): traços gerais
José Pedro Matos (Matos, J. P.); Catarina Oliveira (Oliveira, C.); Joana Sousa ( Sousa, J.); Sofia Pinho (Pinho, S.); David Tavares (Tavares, D.);
Título Revista
Saúde e Tecnologia
Ano
2018
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Abstract/Resumo
O objetivo do artigo proposto é apresentar os traços gerais da caracterização sociográfica dos ortoprotésicos licenciados pela Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL), considerando quatro dimensões: 1) perfil social e profissional, 2) condições de trabalho, 3) grau de autonomia, 4) principais problemas e projetos profissionais. A caracterização sociográfica exposta neste artigo resultou de um estudo quantitativo, em que a técnica de investigação utilizada foi o inquérito, aplicado por questionário, através de uma plataforma específica, à totalidade da população em estudo, ou seja, aos 221 ortoprotésicos licenciados pela ESTeSL, até 2016. A percentagem de respostas obtidas foi de 61,4% (n=132), valor que confere uma dimensão apreciável aos dados apresentados. Esta primeira caracterização sociográfica de ortoprotésicos permite conhecer com rigor as características do grupo profissional e simultaneamente constituir uma base para o desenvolvimento de trabalhos de investigação futuros. Apresentam-se os principais traços do perfil social e profissional da população estudada (predominantemente feminina, particularmente jovem, a exercer principalmente na área das ortóteses, em ortopedias e na venda ao público, nos distritos de Lisboa e Setúbal, com uma proporção considerável a trabalhar noutros países), a forma como são avaliadas as condições de trabalho, o grau de autonomia, os principais problemas enfrentados pelo grupo profissional e os projetos profissionais principais.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Caracterização sociográfica,Ortoprotésicos,Perfil social e profissional,Condições de trabalho,Autonomia,Principais problemas e projetos profissionais
Registos de financiamentos
Referência de financiamento Entidade Financiadora
UID/SOC/03126/2013 Fundação para a Ciência e a Tecnologia