Artigo em revista científica
De minoria étnica a maioria linguística: metamorfoses do sentido de "português" em Massachusetts (séc. XX-XXI)
Graça Índias Cordeiro (Cordeiro, Graça Índias);
Título Revista
Antropolítica
Ano
2012
Língua
Português
País
Brasil
Mais Informação
Abstract/Resumo
O recente movimento em defesa da inclusão da categoria Portuguese Speaker na classifica- ção populacional dos Estados Unidos, no estado do Massachusetts, relaciona-se com a “vitalidade etnolinguística” da variante brasileira da língua portuguesa aqui existente e, também, com a vitalidade de uma associação de apoio aos imigrantes, Massachusetts Alliance  of Portuguese Speakers (Maps), que em 2009 organizou uma campanha em favor da contagem e do reconhecimento oficial da “comunidade de língua portuguesa” (Portuguese Speaking Community). Este artigo analisa o projeto de afirmação coletiva em torno do uso e da representação desta categoria abrangente de “língua portuguesa”, inspirada no modelo etnolinguístico hispânico/ latino, através da exploração de dois aspetos complementares: de um lado, a ambiguidade do label “português” com os vários sentidos nacionais, étnicos, culturais, linguísticos, que lhe estão associados e, de outro, o modo como a tão conhecida “invisibilidade” e “fragmenta- ção” da imigração portuguesa tem dado lugar a uma visibilidade de sinal positivo num processo de unificação em torno de uma língua, num ambiente tão intensamente urbano como é o da região de Boston e da cidade de Cambridge em particular
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Categorização; Língua portuguesa; Boston, Massachusetts; Processos identitários; Diferenciação