Artigo em revista científica
Diversidade social nas Forças Armadas. Género e orientação sexual em perspectiva comparada
Helena Carreiras (Carreiras, H.);
Título Revista
Naç?o e Defesa
Ano
2004
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Abstract/Resumo
A composição social das forças militares nas sociedades ocidentais tem vindo a caracterizar- se por uma crescente heterogeneidade. Esta situação veio conferir uma importância crescente ao problema da gestão da diversidade socio-cultural no âmbito das políticas organizativas. Neste artigo abordam-se dois casos particulares desta problemática: orientação sexual e género. Após rever o lugar que diferentes modelos de análise da mudança nas Forças Armadas conferem a ambas as variáveis, propõe-se uma análise da discussão teórica e informações disponíveis relativamente à integração de homossexuais nas Forças Armadas. Em seguida, aborda- se, com maior desenvolvimento, a questão da diversidade de género, propondo-se, com base em dados empíricos originais, um índice destinado a medir e comparar os países da NATO em termos do nível de integração de género atingido pelas respectivas Forças Armadas. As conclusões apontam para a necessidade de pensar a questão da gestão da diversidade social em articulação com o problema da eficácia organizativa, e não em oposição, como tem sido a tendência dos debates sobre o tema.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Sociologia militar,Cultura,Organização,Forças Armadas,Mulher,Homosexualidade,Reforma,Estatística,NATO (EUA 1949)