Artigo em revista científica
Efeitos da crise económica e das políticas de austeridade na saúde e no acesso aos cuidados de saúde da população migrante em países do sul da Europa: revisão scoping
Nuno Moita Jordão (Jordão, N. M.); Claudia de Freitas (De Freitas, C.); Manuel García Ramirez (García Ramirez, M.);
Título Revista
Revista Interdisciplinar da Mobilidade Humana
Ano
2018
Língua
Português
País
Brasil
Mais Informação
Abstract/Resumo
O objectivo deste artigo é reunir e sintetizar o conhecimento existente sobre o impacto da crise económica e das consequentes políticas de austeridade no estado de saúde e no acesso aos cuidados de saúde das populações migrantes em países do sul da Europa, nomeadamente Portugal, Espanha, Itália e Grécia. Os resultados analisados indicam que a crise económica e as políticas de austeridade tiveram um impacto negativo na saúde e no acesso aos cuidados de saúde dos migrantes em três países, já que não se encontraram dados relativos a Portugal. Os seus efeitos negativos espelham-se na saúde mental, saúde ocupacional, doenças transmissíveis e não transmissíveis, saúde infantil e na perceção subjetiva de saúde. A acessibilidade dos cuidados de saúde tornou-se mais limitada em Espanha, especialmente para a população de imigrantes em situação irregular.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Crise económica,Políticas de austeridade,Estado de saúde,Acesso aos serviços de saúde,Migrantes
  • Sociologia - Ciências Sociais