Autor de livro
Empreendedorismo Emigrante Português em: Londres, Andorra, Nice e Mónaco
Maria Ortelinda Gonçalves (Gonçalves, Ortelinda); Ana Maria Romão (Romão, Ana Maria); Aurora Silva (Silva, Aurora); Eduardo Duque (Duque, Eduardo); Filipa Pinho (Pinho, Filipa); Jorge Carvalho Arroteia (Arroteia, Jorge); José Menezes (Menezes, José); José da Silva Ribeiro (Ribeiro, José da Silva); Judite Ferreira Coelho (Judite Ferreira Coelho); Paula Remoaldo (Paula Remoaldo); Paulo J.A. da Cunha (Paulo J. A. da Cunha); Sara Magalhães (Sara Magalhães); et al.
Abstract/Resumo
PREFÁCIO O Projeto de Investigação Empreendedorismo emigrante português em Andorra, Londres, Nice e Mónaco, coordenado pela Doutora Ortelinda Barros, acolhido pelo Centro de Estudos da População, Economia e Sociedade, e financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, constitui um bom exemplo de cooperação entre investigadores de diversos centros de investigação e das vantagens que daí resultam. A convergência de interesses em torno do fenómeno emigratório português e das suas particularidades recentes em contextos geográficos diferenciados permitiu o conhecimento mais detalhado de uma das características do emigrante português – a sua capacidade de iniciativa – e da sua adaptação aos tempos de mudança que animam a sociedade europeia. Em torno deste tema, a equipa de investigadores participantes no Projeto apresenta-nos os resultados do seu trabalho que nesta versão escrita compreende: • o levantamento do Estado da Arte nas suas dimensões histórica e geográfica, económica, étnica e social, no contexto da União Europeia e dos países de trabalho; • uma caracterização das economias dominantes nos territórios em análise; • os dados de uma investigação detalhada sobre a situação registada em cada um dos contextos do estudo. Estes resultados assentam numa escolha criteriosa da metodologia de investigação, detalhando os instrumentos e os procedimentos de recolha, o tratamento dos dados, a leitura e as conclusões do trabalho realizado. Os diferentes contributos apreciados no Seminário de apresentação dos resultados finais do Projeto sugerem que o tema em apreço, longe de estar concluído, aponta para a sua continuidade e aprofundamento em novos contextos emigratórios e em situações já distintas das que presidiram à realização da primeira fase do Projeto. Tal realça o interesse e a pertinência do estudo desta velha “constante estrutural” da sociedade portuguesa e da sua adaptação aos tempos de mudança e da globalização forçada das migrações internacionais. Jorge Carvalho Arroteia
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave