Comunicação em evento científico
Esclerose Múltipla: a experiência da doença num quadro de incerteza
Amélia Augusto (Augusto, Amélia); Patrícia Serralheiro (Serralheiro, P.);
Título Evento
VIII Congresso Português de Sociologia
Ano
2014
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
--
Abstract/Resumo
A presente comunicação procura, a partir de um estudo realizado com doentes com EM na região da Beira Interior (distritos de Castelo Branco e Guarda), dar conta não das questões associadas à EM, enquanto patologia, mas sim compreender a experiência vivida de quem, a determinada altura da sua vida, particularmente na juventude, se viu confrontado com o diagnóstico desta doença. Uma doença da qual pouco ou nada sabiam, que por ser incurável e ainda pouco compreendida pelos outros, os coloca como potencial alvo de estigmatização. Reconhecendo a relevância sociológica da análise da cronicidade e os impactos que a colocação do rótulo de doente pode ter para os indivíduos, muito particularmente um rótulo que acarreta consigo a forte probabilidade da progressiva incapacidade para participar ativa e plenamente tanto na sua vida pessoal como na vida social, analisa-se a produção de significado e o sentido que estes doentes dão à doença e à gestão quotidiana da mesma. É neste sentido que se analisa como a rutura biográfica é experimentada por estas pessoas e os modos como a doença afeta a sua biografia, a sua identidade e o seu sentido de self, num quadro marcado pela incerteza que deriva não apenas da progressão incerta da doença, mas também da capacidade objetiva e subjetiva de lhe fazer frente, a qual contribui para a sua dificuldade em pensar e planear o futuro.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave