Artigo em revista científica
Hegemonia, consenso e coerção e os beneficiários do Programa Bolsa Família
Sônia Maria Ranincheski (Ranincheski, S. M.); Carla Mendonça (da Silva, C. E. M.);
Título Revista
Revista Katálysis
Ano
2013
Língua
Português
País
Brasil
Mais Informação
Abstract/Resumo
Este artigo investiga as razões da desobediência a regras impostas pelo Estado pelos beneficiários de políticas sociais, especificamente os do Programa Bolsa Família, instituído pelo Governo Federal em 2003. A investigação é feita a partir dos dados coletados em uma pesquisa qualitativa que entrevistou titulares legais de famílias que recebiam o benefício, mas que estavam em situação de descumprimento das condicionalidades. Procura compreender os elementos intrínsecos à ideologia de grupos ou indivíduos que descumprem normas sociais, mesmo sujeitos a penalidades. Problematiza a perspectiva hegemônica do Programa, baseando-se nos conceitos de hegemonia, consenso e coerção de Antonio Gramsci: o alcance e os limites das penalidades – a coerção – e o reconhecimento e a aceitação das regras – o consenso.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Política social,Transferência de renda,Hegemonia,Coerção,Consenso