Artigo em revista científica
Medicinas complementares e alternativas: uma reflexão sobre definições, designações, e demarcações sociais
Elsa Pegado (Pegado, E.);
Título Revista
Sociologia, Problemas e Práticas
Ano
2020
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Títulos Alternativos

(Espanhol/Castelhano) Medicinas complementarias y alternativas: una reflexión sobre definiciones, designaciones y delimitaciones sociales

(Francês) Médecines alternatives et complémentaires: une réflexion sur les définitions, les désignations et les démarcations sociales

(Inglês) Complementary and alternative medicines: a reflection on definitions, designations and social demarcations

Abstract/Resumo
O termo “medicinas complementares e alternativas” (MCA), não sendo o único, tem sido frequentemente usado para designar um conjunto de medicinas, terapias ou práticas terapêuticas que têm em comum o facto de, nas sociedades ocidentais contemporâneas, se situarem à margem da chamada medicina convencional e de gozarem de visibilidade social crescente. A pretexto da necessidade de delimitação do campo das MCA, e a partir de uma revisão bibliográfica dos estudos sobre o fenómeno, neste artigo procede-se a uma reflexão sociológica sobre as classificações sociais, organizada em torno de três eixos: (i) definições — o que cabe nas MCA; (ii) designações — o significado dos termos utilizados; (iii) demarcações — as fronteiras estabelecidas com outras práticas terapêuticas.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Medicinas complementares e alternativas,Medicina,Saúde