Artigo em revista científica Q3
Migração de regresso na reforma: Tensões e negociações no casal
Liliana Azevedo (Azevedo, L.);
Título Revista
CIDADES, Comunidades e Territórios
Ano (publicação definitiva)
2022
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Web of Science®

Esta publicação não está indexada na Web of Science®

Scopus

N.º de citações: 0

(Última verificação: 2024-07-13 11:14)

Ver o registo na Scopus

Google Scholar

N.º de citações: 1

(Última verificação: 2024-07-14 09:36)

Ver o registo no Google Scholar

Títulos Alternativos

(Inglês) Return migration after retirement: Tensions and negotiations in the couple

Abstract/Resumo
O artigo propõe analisar a questão da migração de regresso de casais portugueses na Suíça em idade de reforma usando o género como categoria de análise (Scott, 1986). São apresentados quatro casos de casais no seio dos quais as intenções de regresso são divergentes e analisados alguns elementos que sustentam essas discordâncias e provocam tensões entre cônjuges. Se, num primeiro momento, poderse-á interpretar o regresso como desejado pelos maridos e não pelas mulheres, na discussão são dados exemplos contrários, que permitem evidenciar alterações ao nível dos papéis tradicionais de género em determinados contextos e momentos do ciclo de vida. Constantemente negociados e redefinidos, os papéis de género não são imutáveis, e, por conseguinte, são suscetíveis de voltar a alterar-se após o regresso, em particular quando a reintegração em Portugal se faz em zonas rurais.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Migração de regresso,Transição para a reforma,Género,Negociações no casal,Suíça
  • Sociologia - Ciências Sociais
Registos de financiamentos
Referência de financiamento Entidade Financiadora
UIDB/03127/2020 Fundação para a Ciência e a Tecnologia