Comunicação em evento científico
Mulheres, migrantes e iletradas: uma análise de um programa de integração laboral em Espanha
Margarida Barroso (Barroso, Margarida);
Título Evento
International Meeting of Industrial Sociology, Sociology of Organizations and Work
Ano
2016
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
--
Abstract/Resumo
A crise económica do final da década de 2000 e o aumento significativo da taxa de desemprego alteraram a posição de Espanha enquanto destino desejável para trabalhar. O período de recessão económica fez-se, assim, acompanhar por um ligeiro decréscimo no número de imigrantes legais no país. Não obstante, a intensificação das crises políticas e económicas globais e a posição geográfica de Espanha, com territórios autónomos situados no norte de África, veio aumentar exponencialmente o número de migrantes, gerando novos desafios às instituições e organizações nacionais quanto à integração social plena de quem entra no país. A estes novos desafios, somam-se dificuldades anteriores, relativas à integração laboral da população imigrante pré-existente. Nesta comunicação, analisamos um programa de integração laboral desenvolvido por uma organização não governamental em Barcelona, procurando discutir, por um lado, em que medida as orientações gerais de integração laboral da população imigrante se relacionam com as práticas quotidianas no terreno e, por outro, como é que a metodologia do programa e os recursos disponíveis concorrem para a promoção da coesão social e para a vivência de uma cidadania plena. O programa tem como principais beneficiárias mulheres que não foram alfabetizadas, ou que foram pouco escolarizadas, provenientes sobretudo de Marrocos, Nigéria, Índia, Paquistão e Nepal, e procura, através da alfabetização e da aprendizagem da língua, aumentar a sua empregabilidade.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Mulheres, género, migrações, alfabetização, discriminação