Artigo em revista científica
Os ritmos classistas e geracionais da mudança social: discussão sociológica a propósito da saída de casa dos pais na Europa
Magda Nico (Nico, M.);
Título Revista
Crítica e Sociedade: revista de cultura política
Ano
2015
Língua
Português
País
Brasil
Mais Informação
Abstract/Resumo
A sociologia ainda ilustra o dilema entre as correntes classistas e as correntes geracionais no estudo da mudança social. Os estudos das transições para a vida adulta de uma forma mais holística, e da saída de casa dos pais de uma forma mais particular, ilustram de forma quase exemplar essa excessiva dicotomização entre estas duas correntes teórico-analíticas. Neste artigo, ziguezagueando entre as duas correntes, pretende-se problematizar o conhecimento (tomado por) adquirido sobre os processos de transição para a vida adulta na Europa. Para cumprir esse propósito serão usados dados do European Social Survey 2006 (ESS) que sujeitos a análises descritivas, inferenciais e de event history analysis permitem denunciar a falsa ou precoce bifurcação analítica entre espaço e tempo social, a detecação de anomalias históricas e ainda a forma como as diferenças alegamente culturais servem de “bode exploratório” para a explicação da heterogeneidade da idade média de saída de casa dos pais na Europa.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Registos de financiamentos
Referência de financiamento Entidade Financiadora
UID/SOC/03126/2013 Fundação para a Ciência e a Tecnologia