Publicação em atas de evento científico
Politização da política externa brasileira: o recente protagonismo do Congresso Nacional
Lucca Viersa Barros Silva (Viersa Barros Silva, L.);
SIMPORI 2015 Simpósio de Pós­Graduação em Relações Internacionais do Programa “San Tiago Dantas”
Ano
2015
Língua
Português
País
Brasil
Mais Informação
Abstract/Resumo
Com a consolidação das instituições democráticas no país, somada a outros processos, como o avanço da globalização e consequentemente uma maior porosidade entre o interno e o externo, o Itamaraty tem perdido o seu tradicional isolamento no processo de definição e execução da política externa brasileira. No entanto, recentemente, o que tem chamado a atenção neste processo é o crescente protagonismo de um ator até então considerado secundário no que se refere à política externa: o Congresso Nacional. Em um primeiro momento busca­se fazer uma discussão teórica sobre as várias formas de politização, para depois iniciar uma análise do atual papel do Congresso no que se refere à política externa. Para isto se analisará dois casos em especial: a visita de senadores oposicionistas à Venezuela e os recentes denúncias de corrupção nos financiamentos internacionais realizados pelo BNDES. Busca­se mostrar como a política externa tem sido trazida dentro do conflito político nacional.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave