Comunicação em evento científico
Problemas éticos e políticos na investigação sobre a implementação de sistemas de avaliação do desempenho académico no ensino superior público português
Mara Vicente (Vicente, M.); Alan Stoleroff (Stoleroff, A.);
Título Evento
Os Desafios da Investigação: questões de método, dilemas éticos e problemas políticos
Ano
2018
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
--
Abstract/Resumo
Além de normas e regras profissionais, previamente definidas em códigos deontológicos, existem outros fatores que, direta ou indiretamente, poderão condicionar o decurso da pesquisa desenhada pelo investigador, nomeadamente, o contexto político e os conflitos sociais e políticos das organizações em que se insere o objeto de estudo. Os problemas que daí emergem podem ser ainda exacerbados quando se trata de fazer investigação sobre as dinâmicas organizacionais das instituições de ensino superior e sobre os profissionais académicos – também eles investigadores. O presente trabalho tem por finalidade refletir sobre os constrangimentos sentidos e as estratégias de ajuste adotadas no âmbito de uma pesquisa empírica, que suporta uma tese de doutoramento em Sociologia, sobre a problemática da implementação de sistemas de avaliação do desempenho académico no ensino superior público português, utilizando metodologias qualitativa (entrevista e estudo de caso) e quantitativa (inquérito por questionário). A realização desta pesquisa decorreu e decorre num contexto de reforma administrativa e de crise e austeridade, com consequências diretas e indiretas na gestão de recursos humanos académicos. A avaliação do desempenho, com fins instrumentais em relação a carreiras, foi introduzida numa fase de reconfiguração do sistema português de ensino superior, provocando novos desafios e incertezas que transformaram a cultura académica e as relações profissionais. Os académicos terão respondido de diferentes formas às mudanças implementadas, desde a complacência à resistência. Neste cenário, a investigação empírica terá enfrentado diversas dificuldades em diferentes fases: acesso ao terreno (com a recusa de diversas entidades em autorizar a realização da pesquisa por considerar que o período não seria adequado); a recolha e o registo de dados (e.g. taxa de participação dos sujeitos inferior à esperada; não autorização da gravação de algumas entrevistas motivado por um receio em expor-se, mesmo com a garantia do cumprimento estrito de regras de confidencialidade); e na utilização de dados (e.g. pedido de alguns entrevistados para não citar afirmações proferidas nas entrevistas).
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
avaliação do desempenho,ética na investigação