Ciência-IUL    Autores    Graça Índias Cordeiro    Projetos de Investigação
Projetos de Investigação
Enfrentando a diversidade: usos e representações da língua portuguesa na área Metropolitana de Boston (EUA)
O projeto tem como objetivo analisar a diversidade dos usos e representações da língua portuguesa na região de Boston, onde existe grande diversidade linguística e sócio-cultural. Com o objetivo geral de repensar esta língua pliuricêntrica como recurso comunicativo e identitário, pretendemos contribuir para o conhecimento da sua diversidade interna, questionando categorias linguísticas, crenças e preconceitos a ela associados, através de um enfoque etnográfico e sociolinguístico. O facto de o português ser atualmente a terceira língua mais falada no estado do Massachusetts (US Census 2016), posição única no contexto dos EUA, resultante da fixação de sucessivas vagas imigratórias de falantes do português, desde a mais antiga açoriana e caboverdiana até à mais recente imigração brasileira, torna particularmente desafiante o seu estudo numa região intensamente urbana caracterizada por uma “superdiversidade” cultural e linguística. A variação dialetal do português surge de forma particularmente expressiva e por vezes concentrada em pequenos territórios onde a gama das variantes em uso vai além das duas oficialmente reconhecidas – português europeu e português brasileiro.   Equipa:  Graça Índias Cordeiro (CIES-IUL) Giuseppe Formato (Lesley University, Cambridge, MA)
Informação do Projeto
2018-01-01
2020-12-31
Parceiros do Projeto
Cidades em mudança: processos participativos em Portugal e no Brasil
O projeto visa a consolidação de rede internacional de colaboração entre ambas as equipes em torno de pesquisas etnográfica sobre modalidades de participação social coletiva em cidades portuguesas e brasileiras. Esta iniciativa de intercâmbio luso-brasileiro vincula-se a dois programas de doutoramento: Estudos Urbanos (FCSH-UNL e ISCTE-IUL) e Programa Pós-graduação Antropologia (PPGA/UFF). O objetivo é analisar a diversidade de formas e práticas de participação urbana e o modo como se renovam e mobilizam recursos políticos, culturais, organizativos, económicos, laborais. Esta pesquisa deseja, ainda, chamar a atenção para atividades que constituem cenários de exibição, visibilidade e disputa no espaço público urbano, desafiando para uma reflexão científica na formação avançada, mas também na divulgação do debate público sobre diferentes realidades com um potencial de comparabilidade e aprendizagem de boas práticas muito promissor.
Informação do Projeto
2016-02-01
2018-03-31
Parceiros do Projeto
O trabalho da arte e a arte do trabalho: circuitos criativos de formação e integração laboral de imigrantes em Portugal
Informação do Projeto
2014-05-01
2015-06-30
Parceiros do Projeto
From ethnic minority to linguistic majority: Portuguese speaking
Informação do Projeto
2014-01-01
2014-07-31
Parceiros do Projeto
Falar português em Boston: identidades em acção e interacção
Informação do Projeto
2011-06-01
2012-01-31
Parceiros do Projeto
A Cidade e a Rua: Uma Aproximação Etnográfica à Vida Urbana
Mais do que tema, a rua é o problema a identificar e problematizar. A rua pode ser entendida como unidade mínima de vida urbana, lugar de sociabilidade que se desdobra em vários níveis e dimensões ? de acção, interacção, diferenciação e socialização; transgressão e controlo social; circulação e inter-conhecimento; encontro e confronto; espaço de integração de funções (residenciais, laborais, de lazer), território impregnado de memórias, cenário e palco de cruzamentos sociais, de quotidianos diferenciados, de trajectórias e destinos individuais que interagem. A rua, nas suas extensões (lojas, associações, templos, praças, esquinas, até casas) é perspectivada como uma síntese possível de «vida citadina», recorte etnográfico único para a exploração e o conhecimento da vida urbana contemporânea a partir de baixo e de dentro. Neste sentido, a rua não surge como unidade definida à priori, mas sim como objecto a identificar e a construir ao longo do próprio processo de investigação, unidade de observação com uma significativa coerência social e cultural, com possibilidades de comparação que acrescentem conhecimento original a uma reflexão teórica sobre a cidade e suas dinâmicas sócio-culturais específicas. Metodologicamente, a investigação organiza-se em torno de um conjunto de estudos de caso, social e culturalmente diferenciados, tanto do ponto de vista dos temas como dos contextos etnográficos de referência.
Informação do Projeto
2005-07-01
2008-02-29
Parceiros do Projeto