Ciência-IUL    Autores    Maria Manuela Mendes    Projetos de Investigação
Projetos de Investigação
Plano Local para a Integração das Pessoas Ciganas na cidade do Porto
Informação do Projeto
2019-02-12
2019-04-13
Parceiros do Projeto
Desempenhos escolares entre os Ciganos : investigação-ação e projeto de co-design
Na UE, a maioria dos Ciganos/Roma continua a deter uma baixa escolaridade, altos índices de insucesso e de abandono escolar. O Estudo Nacional sobre as Comunidades Ciganas (2014) abrangeu todos os municípios do território continental, tendo-se inquirido 1.599 pessoas, verificando-se que apenas 6% possuíam o 3º ciclo (9 anos) e 2,5% detinham o ensino secundário ou superior. Existe um certo paralelismo entre a situação atual dos Ciganos portugueses e os experienciados por outros ciganos na EU. Esta situação deriva mais de desigualdades estruturais do que da falta de competências ou da existência de um "desfasamento unilateral". Um estudo qualitativo recente elaborado por membros desta equipa (2013-2015) revelou que em alguns bairros das áreas metropolitanas de Lisboa e Porto existem poucos casos de Ciganos que completam a escolaridade obrigatória. Entre os adultos não houve casos de continuidade escolar até ao 12º ano através da educação regular. Neste contexto, os principais objetivos da nossa proposta são: 1) identificar e compreender as trajetórias dos alunos Ciganos que estão integrados no ensino secundário nas duas AM?s e suas aspirações de acesso ao ensino superior. Para tal ir-se-á mobilizar um modelo interpretativo interativo, dinâmico e processual, envolvendo seis níveis de cruzamento, para analisar trajetórias de sucesso. Nesta análise pretende-se mobilizar uma metodologia essencialmente qualitativa, utilizando métodos de pesquisa e participativos que permitam aos contextos locais beneficiar de experiências mais amplas, conectando os processos de pesquisa e investigadores, representantes Ciganos e stakeholders. À primeira fase de pesquisa seguir-se-á: 2) co-design de um currículo comum que certificará profissionalmente e com o 12º grau alguns Ciganos que deixaram o sistema escolar. Esta formação basear-se-á nos resultados da investigação, pretendendose implementar procedimentos de investigação-ação participativa na construção de um programa de formação. Esta...
Informação do Projeto
2018-10-04
2021-08-03
Parceiros do Projeto
Diversidades, espaço e migrações na cidade empreendedora
Este projeto pretende analisar como a diversidade, de um tipo cosmopolita, ou superdiversidade, se tornou solicitada por decisores políticos e parte do planeamento urbano e quais os fatores e as dinâmicas que contribuem para essa configuração. A investigação que será sustentada numa abordagem qualitativa incidirá sobre os mecanismos e estratégias para a acomodação da diversidade cultural no espaço local, explorando quer a vertente das experiências quotidianas e dos encontros culturais quer os aspetos estratégicos e deliberativos das redes de governança local. Neste sentido, perguntamos como se integra a diversidade cultural nos processos de renovação urbana, de criação de imagens da cidade, de gentrificação, prestando atenção aos sujeitos e estratégias da governança local. Ou seja, como se incluem os imigrantes e grupos etnicamente diversos nas estratégias dos governos locais e nos espaços urbanos sobre as quais estas incidem? O estudo decorre em Lisboa e na cidade do Porto.
Informação do Projeto
2017-12-01
2019-02-28
Parceiros do Projeto
Estudo Nacional sobre as comunidades ciganas
O objetivo central consistiu em analisar a situação social dos ciganos portugueses através da delimitação de um conjunto de dimensões e de indicadores que permitissem fazer uma cartografia dos perfis e da sua distribuição no território nacional, atendendo às suas características sóciodemográficas, padrões de inserção territorial, bem como, às suas condições de vida e produção de recomendações, com recurso a metodologias extensivas (inquéritos a autarquias, a peritos e a 1599 pessoas ciganas) e qualitativas (entrevistas, análise documental, método de Delphi).
Informação do Projeto
2014-02-28
2014-09-30
Parceiros do Projeto
Factores-chave para o sucesso e continuidade dos percursos escolares dos ciganos: indivíduos, famílias e políticas públicas
Esta pesquisa visa avançar no conhecimento sociológico do impacto das políticas sociais sobre a escolaridade dos Ciganos / Roma, homens e mulheres, e seus efeitos sobre os indivíduos e as famílias ciganas. Pretende contribuir para uma melhor compreensão dos ciganos portugueses; na verdade, os estudos sobre os ciganos ganharam uma importância crescente em Portugal nos últimos anos. No entanto, persistem regularidades sociais, associando os ciganos a exclusão, racismo, pobreza, e mesmo em alguns países existe agravamento de situações de racismo com a expulsão dos ciganos.
Informação do Projeto
2013-06-01
2015-05-31
Parceiros do Projeto
Culturas de Convivência e Super-diversidade
O principal objectivo é descrever, analisar e comparar novos contextos de super-diversidade e convivência cultural uma vez que estão relacionados com as migrações e os domínios culturais. Este estudo não involve a idealização de relações interculturais harmoniosas mas considera os contextos de convivência como novos campos de tensões interculturais e interações de forma a tentar compreender as suas dinâmicas, bem como os factores sociais, históricos e pessoais, os quais conduzem à coexistência com heterogeneidade étnica ou a rejeitá-la. Consequentemente, implica aplicar uma estrutura inovadora para compreender as relações interculturais entre os nacionais e as populações imigrantes. Na topografia social, as novas culturas de convivência não estão associadas a um espaço geográfico específico mas sim a diferentes contextos públicos onde as pessoas têm várias ligações étnicas e os grupos culturais interagem. A investigação centra-se na observação dos espaços formais/ informais ligados a funções sociais distintas: Lazer & espaços de religiosidade; Mercado/ áreas comerciais (mercados ao ar livre ou fechados frequentados por vários grupos étnicos e culturais); Escola/ educação (porque relações interculturais acontecem na escola, entre diferentes gerações e grupos-chave, e pode-se perceber como acontece o diálogo intercultural); Estes espaços são importantes para compreender o “significado real” das relações interculturais, tal como Amin sugeriu, porque mesmo que “a estrutura nacional das relações raciais e étnicas sejam importantes, grande parte da negociação da diferença ocorre ao nível local através das experiências e encontros quotidianos".
Informação do Projeto
2010-03-01
2012-08-30
Parceiros do Projeto
Estudo de diagnóstico sobre a situação da população imigrante residente no concelho de Sesimbra
Os objetivos deste estudo passaram por um lado, pela 1) identificação e caracterização dos imigrantes residentes neste concelho por via da aplicação de um inquérito por questionário a 400 indivíduos/grupos familiares; por outro, 2) pela apreensão e análise das práticas de racismo e discriminação face aos grupos imigrantes, assim como o contributo dos imigrantes para a economia local, principais problemas sentidos, relações com instituições públicas e privadas sediadas no concelho, etc.. Neste âmbito para além da análise documental e da recolha e análise de dados estatísticos, realizaram-se entrevistas às instituições locais que intervêm junto dos grupos imigrantes.
Informação do Projeto
2009-10-08
2010-05-15
Parceiros do Projeto
Estudo de diagnóstico sobre a situação da população imigrante residente no concelho de Oeiras
Os objetivos deste estudo passaram por um lado, pela 1) identificação e caracterização dos imigrantes residentes neste concelho por via da aplicação de um inquérito por questionário a mais de 400 indivíduos/grupos familiares; por outro, 2) pela apreensão e análise das práticas de racismo e discriminação face aos grupos imigrantes, assim como o contributo dos imigrantes para a economia local, principais problemas sentidos, relações com instituições públicas e privadas sediadas no concelho, etc.. Neste âmbito para além da análise documental e da recolha e análise de dados estatísticos, realizaram-se entrevistas às instituições, serviços e ONG's locais que intervêm junto dos grupos imigrantes.
Informação do Projeto
2009-08-06
2010-05-15
Parceiros do Projeto
Associações voluntárias e desenvolvimento local: políticas públicas, capital social e cidadania
Este projecto pretende estudar as associações voluntárias que desenvolvem a sua actividade em contextos determinados (urbanos ou rurais) com o intuito de contribuírem para a elevação da qualidade de vida, nomeadamente através da dinamização e revitalização (social, cultural e económica) das localidades onde se inserem. O estudo caracterizará as diferentes escalas dos processos de desenvolvimento local compreendidas entre a formulação genérica das políticas públicas (programas europeus e/ou nacionais), as estratégias de implementação no terreno e, por último, as suas consequências ao nível da formação local de redes de capital social.
Informação do Projeto
2007-11-30
2011-01-31
Parceiros do Projeto
Competitividade e Exclusão Social: as Áreas Metropolitanas de Lisboa e Porto
Com este projecto procuramos, através da análise comparativa das duas principais áreas metropolitanas portuguesas (Lisboa e Porto), analisar os processos em curso de alteração dos factores de competitividade e de emergência de sistemas territoriais de inovação com as recomposições sociais que lhes estão associadas, bem como os processos de produção/reprodução de novas formas de exclusão social.
Informação do Projeto
1997-03-01
2000-12-30
Parceiros do Projeto